Polícia Roubo de veículos

Operação contra quadrilha de roubo de veículos em Curitiba e Região prende 21 pessoas

A Pol√≠cia Civil do Paran√° (PCPR) deflagrou na manhã desta terça-feira (18) uma megaoperação para desmantelar uma organização criminosa envolvida em roubos de ve√≠culos e adulteração de sinais identificadores de automotores em Curitiba e Região Metropolitana.

Por Nosso Dia

18/06/2024 às 16:09:57 - Atualizado h√°
Foto: CBN Curitiba

A Pol√≠cia Civil do Paran√° (PCPR) deflagrou na manhã desta terça-feira (18) uma megaoperação para desmantelar uma organização criminosa envolvida em roubos de ve√≠culos e adulteração de sinais identificadores de automotores em Curitiba e Região Metropolitana. A ação, que contou com o apoio da Pol√≠cia Militar do Paran√° (PMPR) e da Pol√≠cia Civil de Santa Catarina (PCSC), resultou na prisão de 21 integrantes do grupo criminoso e no cumprimento de 69 mandados de busca e apreensão.

A operação, que mobilizou 260 policiais, foi realizada simultaneamente em Curitiba, Fazenda Rio Grande, Pinhais, Piraquara, São Jos√© dos Pinhais, Pitanga, Jacarezinho, no Paran√°, e em Chapecó, Santa Catarina. A delegada Anna Karyne Palodetto, respons√°vel pela investigação, explicou que o trabalho começou h√° cerca de um ano, quando alguns dos investigados foram presos por roubo de ve√≠culos. "Percebemos que aquele não era o primeiro e √ļnico evento delituoso desses investigados, o que motivou o aprofundamento das investigações", afirmou.

Durante a operação, foram apreendidos aparelhos celulares, ve√≠culos com sinais adulterados, explosivos e substâncias entorpecentes, como maconha, √™xtase e crack. A delegada destacou que as dilig√™ncias ainda estão em andamento e que outros mandados de prisão tempor√°ria ainda estão para ser cumpridos. As 21 prisões realizadas englobam tanto os presos em virtude de mandados de prisão tempor√°ria quanto aqueles detidos em flagrante durante a operação.

A investigação revelou que a organização criminosa era composta por diferentes grupos, cada um com uma função espec√≠fica. Um grupo realizava os roubos de ve√≠culos, utilizando armas de fogo e agindo em conjunto. Outro grupo era respons√°vel pela adulteração dos sinais identificadores dos ve√≠culos, que variava desde a troca de placas at√© a modificação dos sinais de chassi e motor. Por fim, um terceiro grupo fazia a revenda dos ve√≠culos adulterados.

Os ve√≠culos roubados eram vendidos em cidades do interior do Paran√° e em outros estados, como Santa Catarina, São Paulo e Alagoas. "At√© agora, conseguimos contabilizar 27 ve√≠culos que foram enviados para esses estados", informou a delegada. Ela acrescentou que a rede de comercialização tinha plena consci√™ncia da irregularidade dos ve√≠culos, chegando a pagar mais por aqueles que j√° vinham com os sinais identificadores adulterados.

REPRESSÃO - O delegado-geral da PCPR, Silvio Jacob Rockembach, ressaltou a prioridade dada ao enfrentamento de furtos e roubos de ve√≠culos durante a atual gestão. "Aumentamos exponencialmente as operações de repressão qualificada, o que ajudou sobremaneira na redução de 43,5% dos √≠ndices desses crimes nos √ļltimos cinco anos", afirmou. Em 2018, foram registrados 7.696 furtos e roubos de ve√≠culos, enquanto em 2023, o n√ļmero caiu para 4.345, segundo dados da Secretaria da Segurança P√ļblica do Paran√° (SESP).

A delegada Palodetto orientou a população a tomar cuidados para evitar ser v√≠tima de roubos de ve√≠culos, como estar atento ao estacionar e entrar no carro, e comprar ve√≠culos de fontes seguras. "O crime de roubo √© de oportunidade, então √© crucial que as pessoas estejam sempre atentas ao estacionar e ao entrar no ve√≠culo. Al√©m disso, √© fundamental adquirir ve√≠culos de fontes confi√°veis e realizar uma verificação minuciosa antes da compra, para evitar problemas futuros", aconselhou.

A investigação continua, com a realização de interrogatórios e reconhecimento pessoal das v√≠timas, visando identificar todos os membros da organização criminosa e aprofundar os trabalhos.

Fonte: Nosso Dia
Comunicar erro

Coment√°rios Comunicar erro

Jornalista Luciana Pombo

© 2024 Blog da Luciana Pombo é do Grupo Ventura Comunicação & Marketing Digital
Ajude financeiramente a mantermos nosso Portal independente. Doe qualquer quantia por PIX: 42.872.330/0001-17

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Jornalista Luciana Pombo
Acompanhantes GoianiaDeusas Do Luxo