Geral

Fernando Martin é eleito vice-presidente do COMTUR

Por Da Redação

27/11/2021 às 14:07:57 - Atualizado há

Em reunião ordinária do conselho, também foi tratado sobre Foz como Destino Halal, revisão da lei de transporte turístico e teve apresentações do projeto do Natal de Luzes de Foz e do evento “Festival Cataratas Country”, entre outros temas

O empresário Fernando Martin é o novo vice-presidente do Conselho Municipal de Turismo (Comtur). O nome de Martin foi aprovado por aclamação e unanimidade pelo colegiado, na quarta reunião ordinária do conselho deste ano, nesta quinta-feira (25).

O cargo de vice-presidente estava vago deste janeiro deste ano, quando o então presidente, Paulo Angeli, assumiu a Secretaria Municipal de Turismo e Projetos Estratégicos e Yuri Benites, que era vice, assumiu a presidência.

Martin é empresário do ramo de agências de viagens e participa do Comtur como titular pelo Sindicato das Empresas de Turismo de Foz do Iguaçu (Sindetur). O novo vice-presidente disse que estar à frente do Comtur, não é uma tarefa fácil.

Fernando Martin

“Temos que estar muito atentos para tudo o que acontece e tudo tem que ser discutido com inteligência, responsabilidade, de forma democrática, principalmente agora com a retomada do turismo”. “Temos muita coisa para fazer, como, por exemplo, o novo edital de concessão do Parque Nacional,. Esse tema sempre foi discutido ao nível máximo, defendendo os interesses do turismo, mas agora há uma dimensão bem maior envolvendo todos os municípios da região”.

O vice-presidente citou ainda a nova empresa que vai administrar o aeroporto. “Temos que estar alinhados sobre qual será a visão dessa empresa e trazê-la para atuar junto conosco”.

Martin avaliou que o turismo mudou muito, com a vinda dos aplicativos, a mudança dos MEI"s para guias de turismo, entre outras inovações. “Cada vez mais nos vemos obrigados a reestudar, atualizar as leis que envolvem a atividade turística, principalmente transportes, guias e outras.” “Então, com tantas questões, é injusto que uma pessoa sozinha esteja à frente do conselho, sem salário, que tem suas atividades também”. “Por isso, aceitei o convite, com o qual fiquei muito honrado; espero realmente atender às expectativas dos conselheiros e do presidente Yuri, que tem sido realmente muito bom para o Comtur e para o turismo”, declarou. E concluiu, dizendo que espera levar os assuntos “para que todos possam entender, enxergar, pensando na cidade e no turismo como um todo, e não cada um no seu setor, na sua empresa”.

Para o secretário de Turismo e Projetos Estratégicos, Paulo Angeli, “a reunião foi muito produtiva, demonstra a força do conselho e a sua objetividade, e traz a convergência das instituições que fazem parte, buscando o desenvolvimento do turismo da nossa cidade”. Quanto à eleição de Fernando Martin, o secretário afirmou que “é muito assertiva, ele é um empresário que é muito técnico, ambientalista, que certamente vai contribuir muito nessa nova gestão, porque conhece profundamente o turismo e sempre teve uma atuação sempre muito forte nas instituições”.

Yuri Benites ficou bastante satisfeito com a eleição e afirmou que “de agora em diante, até o mês de junho do ano que vem, que é o período previsto em regimento para início de uma nova diretoria, poderemos realizar um trabalho em conjunto, frente às demandas do turismo, que não são poucas”. “Fernando Martin é uma pessoa muito comprometida com tudo que envolve o turismo; ele sempre está atento e pronto para ajudar, agregando muito ao conselho e tenho certeza que agregará muito mais”, salientou o presidente.

Grupos de Trabalho

A coordenadora do Grupo de Trabalho (GT) 01 e do curso de Turismo da Unioeste, Aurelinda Barreto Lopes, apresentou um resumo das atividades realizadas nos últimos dias. O grupo trata de legislação, de inclusão de novas entidades, análise de alvarás de estabelecimentos turísticos e recursos de multas aplicadas a veículos de turismo. Passou pelo GT01 a solicitação de ingresso no rol de membros do conselho da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo (Abrajet), o que foi acatado pelo colegiado, por unanimidade.

O presidente Yuri Benites falou sobre a criação de dois grupos de trabalho. Um deles para tratar da revisão da lei de transporte turístico de superfície e outro para abordar Foz do Iguaçu como um Destino Halal, que é uma certificação para atrair mais turistas muçulmanos. Os conselheiros aprovaram a constituição dos referidos grupos, por unanimidade. Para o segundo grupo, ficou estabelecida a participação das seguintes entidades: Abav, Amutur, Câmara de Vereadores (Comissão de Turismo), Foztrans, forças de segurança, Parque Tecnológico Itaipu, Singtur, Secretaria Municipal de Turismo e outra entidade que manifestar interesse.

Para o grupo do Halal, as entidades indicadas são: Câmara de Vereadores, Diretoria de Assuntos Internacionais da Prefeitura Municipal, Colégio Agrícola, FPTI, Singtur, Sebrae, Senac, Mesquita Árabe, Sindhotéis e Secretaria de Turismo. As entidades não presentes receberão contato para alinhamento. Halal é uma palavra árabe que significa “permitido, autorizado para o islamismo” e a certificação assegura o cumprimento de normas e procedimentos que respeitam a religião. São hábitos religiosos, alimentares, entre outros modos de conduta diária.

Paulo Angeli assegurou que a proposta de Foz como Destino Halal está consolidada. “Vamos trabalhar nisso, é uma determinação do prefeito Chico Brasileiro e o Comtur, agregando-se a esse projeto, acreditamos que dará celeridade e tecnicidade a essa ação, porque quem entende de turismo é o Comtur”.

Natal Águas e Luzes

A assessora de Turismo da Itaipu Binacional, Aline Teigão e o presidente do Fundo de Desenvolvimento e Promoção Turística do Iguaçu (Fundo Iguaçu), Enio Eidt, apresentaram o projeto do Natal Águas e Luzes de Foz do Iguaçu. O projeto é um convênio entre o Fundo Iguaçu, a Itaipu Binacional e a Prefeitura Municipal de Foz, com a participação da Gestão Integrada do Turismo. Serão 35 dias de programação, que vai de 1º de dezembro a 05 de janeiro de 2022. Vários locais da cidade serão iluminados, como as avenidas Brasil e Jorge Schimmelpfeng, Praças da Paz e das Nações, o TTU, entrada da cidade e trevo do Aeroporto, Catedral Nossa Senhora de Guadalupe, Gramadão da Vila A e iluminação da Ponte Internacional da Amizade.

Serão projeções e iluminações de árvores e palmeiras, portais, pinheiros, túnel de LED, presépios, cortinas de luzes, ambientes interativos e até mini parque infantil. E uma das novidades será uma parada de Natal, que acontecerá na Avenida Jorge Schimmelpfeng, em frente à Praça das Nações, nos dias 09, 10 e 11 de dezembro. Atrações culturais também fazem parte do projeto, organizadas pela Fundação Cultural.

Evento “Festival Cataratas Country”

Baseado no “Caldas Country”, de Caldas Novas, Goiás, que revelou vários artistas de renome da música sertaneja, o evento será realizado nos dias 14 e 15 de outubro de 2022, no Centro de Convenções de Foz do Iguaçu. Alexandre Gomes (Xandó), do Instituto Sertanejo, fez a apresentação do que representará o evento para a cidade, ocupando os hotéis na totalidade e movimentando a economia. Serão 15 horas de música por dia e os municípios vizinhos terão pré-festas para descobrir novos talentos e, durante o festival, os eleitos de cada cidade cantam e o campeão se apresenta ao final do evento. Os conselheiros apoiaram a iniciativa e ficaram impressionados com a dimensão do evento.

Participantes

Também participaram do encontro o diretor-superintendente do Foztrans, Licério Santos; a vereaedora Anice Gazzaoui, que integra Comissão de Turismo da Câmara; Felipe Gonzalez, do Instituto de Promoção Turística do Iguaçu (Visit Iguassu) e Abav, Dimas Bragagnolo, da Acifi, Rosemari Policeno de Camargo, da Amutur, Lúcio Chrestenzen, do Senac Cataratas, Alexandre Barbosa, da Fundação Cultural, Luiz Alberto Iantas, da Associação Cultural e Turística Catedral, Jefferson Amorim, da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), Tenente Murilo Mendonça Mendes e o Sargento Lucas Alves de Oliveira, da 3ª. Cia. De Atendimento ao Turista da Polícia Militar, Renata Sakamoto, do Instituto para o Desenvolvimento do Turismo e Projetos Estratégicos (Idestur), Jose Augusto Moraes da Silva, da Polícia Federal, Jacira Silva de Almeida, do Sindicato dos Guias de Turismo de Foz do Iguaçu e municípios da Costa Oeste (Singtur), Luiz Carlos Queiroz, do Sindicato dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade de Foz do Iguaçu (STTHFI), Denice de Oliveira Almeida, do Centro Universitário Dinâmica das Cataratas (UDC) e Jaime Mendes, do Visit Iguassu.

Fonte: Cabeza News
Comunicar erro
Jornalista Luciana Pombo

© 2022 Blog da Luciana Pombo é do Grupo Ventura Comunicação & Marketing Digital
Avenida Emilio Jhonson, 323 - sala 4. Centro. Almirante Tamandaré - PR. Fonte: (41) 9 9229-1359.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Jornalista Luciana Pombo