Litoral Meio Ambiente

Revitalização da Orla de Matinhos Transforma Ecossistema Local

Projeto do Governo do Estado atrai novas espécies e reforça biodiversidade na região

Por Jornalista Luciana Pombo

11/07/2024 às 14:44:18 - Atualizado há

A revitalização da orla de Matinhos, no Litoral do Paraná, conduzida pelo Governo do Estado, está em fase final e já apresenta impactos significativos no ecossistema local. Programas de monitoramento ambiental realizados pelo Instituto Água e Terra (IAT) em parceria com o Consórcio DTA/Acquaplan identificaram a presença de novas tocas de corujas buraqueiras (Athene cunicularia) nos canteiros de recuperação da vegetação de restinga ao longo de 6,3 quilômetros entre Caiobá e o Balneário Flórida.

A presença dessas aves, que utilizam as tocas para abrigar seus filhotes, é um indicativo positivo de que as espécies locais estão retornando à região após as intervenções. Técnicos do consórcio avistaram tocas no Balneário Riviera, em abril, em Caiobá, em maio, e no Balneário Flamingo, em junho. Além disso, três filhotes foram observados em uma toca descoberta em dezembro de 2023, no Balneário Flamingo.

Mayara dos Santos Rodrigues, bióloga do Escritório Regional do IAT no Litoral, destaca os benefícios da presença dessas aves para a fauna local, incluindo o controle biológico de insetos. Ela ressalta a importância de alinhar o desenvolvimento do Litoral com a preservação dessas e outras espécies.

Para proteger as corujas buraqueiras, além do monitoramento contínuo, estão previstas ações de educação ambiental, conforme explica Tamires Ferreira Lima, gestora dos Programas Ambientais em Matinhos. Placas sinalizam as tocas para conscientizar a população sobre a importância de respeitar esses animais.

A revitalização da orla de Matinhos também trouxe outros impactos positivos. As intervenções na desembocadura do canal do Rio Matinhos proporcionaram águas mais calmas, atraindo aves aquáticas como biguás e garças. A presença de organismos como conchas e caracóis também aumentou, contribuindo para a biodiversidade local.

Estudos do Consórcio DTA/Acquaplan registraram avistamentos de 56 grupos de botos cinzas e toninhas, espécies em risco de extinção, além de outros animais costeiros. Caranguejos maria farinha também foram atraídos pela engorda da faixa de areia e replantio da restinga.

A primeira fase da obra, com 94,33% de conclusão, deve ser entregue no segundo semestre deste ano, com um investimento de R$ 354,4 milhões ao longo de 6,3 quilômetros. A intervenção inclui engorda da faixa de areia, estruturas marítimas, canais de macrodrenagem e micro drenagem, melhorias na pavimentação e recuperação de vias urbanas. A segunda fase, que abrange 1,7 quilômetro entre os balneários Flórida e Saint Etienne, ainda não tem previsão de início.

 

#BlogLucianaPombo

Comunicar erro

Comentários Comunicar erro

Jornalista Luciana Pombo

© 2024 Blog da Luciana Pombo é do Grupo Ventura Comunicação & Marketing Digital
Ajude financeiramente a mantermos nosso Portal independente. Doe qualquer quantia por PIX: 42.872.330/0001-17

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Jornalista Luciana Pombo
Acompanhantes GoianiaDeusas Do Luxo