Política ? Manchete Ilustrada

Condomínios de luxo mais caros do interior de SP têm imóveis de até R$ 300 milhões; veja

Praias artificiais com ondas, campos de golfe projetados por atletas internacionais e shopping center particular são alguns dos opulentos benefícios que os endinheirados paulistas podem ter em moradias exclusivas longe da capital.

Por Da Redação

28/05/2024 às 12:50:41 - Atualizado h√°

Praias artificiais com ondas, campos de golfe projetados por atletas internacionais e shopping center particular são alguns dos opulentos benefícios que os endinheirados paulistas podem ter em moradias exclusivas longe da capital. Os "second home" (segundo lar) ou casas de veraneio em condomínios de luxo no interior de São Paulo têm atraído cada vez mais a população de alta renda, que vai de executivos do mercado financeiro a celebridades.

Segundo um levantamento da imobiliária MBras, um imóvel desse tipo pode custar de R$ 30 milhões até R$ 300 milhões em alguns condomínios. A companhia listou os cinco empreendimentos mais caros para se comprar uma casa de veraneio.

O condomínio Fazenda Boa Vista, do grupo JHSF, está no topo do ranking dos condomínios mais luxuosos e caros da região. Foto: Reprodução

No mercado imobiliário, a expectativa é de que esse segmento se mantenha aquecido pelos próximos anos. A informação é do Estadão.

Veja os condomínios de luxo mais caros no interior de São Paulo:

Fazenda Boa Vista

Fazenda Boa Vista. Foto: Reprodução

O condomínio Fazenda Boa Vista, do grupo JHSF, está no topo do ranking dos condomínios mais luxuosos e caros da região. O empreendimento está localizado em Porto Feliz (a 100 km de SP) e conta com mais de 12 milhões de metros em uma área de Mata Atlântica. Os valores dos imóveis podem chegar até R$ 300 milhões.

O condomínio tem, ainda, dois campos de golfe assinados pelos atletas americanos Arnold Palmer e Randall Thompson e um centro equestre, além de um shopping particular, o Boa Vista Market.

Apesar do valor máximo de negócio já ter ultrapassado a casa das centenas de milhões, a média de preço de propriedades menores no condomínio, de cerca de dois 2 mil m², varia de R$ 30 milhões a R$ 50 milhões.

Quinta da Baroneza

O condomínio de campo Quinta da Baroneza é o segundo entre os mais caros, com imóveis podem custar até R$ 150 milhões. O empreendimento está localizado em Bragança Paulista (90 km de São Paulo) e tem mais de 4 milhões de m² de área de mata atlântica nativa.

Os moradores dispõem de uma hípica, clube de golfe exclusivo, assinado pelo arquiteto americano Dan Blankenship, especializado em campos para a prática do esporte de origem escocesa, trilhas pela mata atlântica, ciclovias, trilhas ecológicas pelo rio Atibaia, entre outras coisas.

Ainda que o valor máximo de negócios já fechados no empreendimento seja de R$ 150 milhões, é possível encontrar anúncios de casas entre R$ 15 milhões e R$ 30 milhões.

Boa Vista Village

Área de surf do Boa Vista Village. Foto: Reprodução

O Boa Vista Village, também da da JHSF, foi inaugurado recentemente em Porto Feliz, próximo à Fazenda Boa Vista, com aproximadamente 2 milhões de m². Os imóveis estão avaliados em até R$ 15 milhões.

No local, foi instalada uma praia privativa com ondas artificiais que já foi palco de atletas como o campeão mundial e olímpico de surfe Ítalo Ferreira e do ator hollywoodiano Chris Hemsworth. O local também conta com uma quadras de tênis, serviço de spa, aulas de surfe, campo de golfe e terá a inauguração de um shopping privativo.

Fazenda da Grama

O Fazenda da Grama é um condomínio de campo localizado em Itupeva. Foto: Reprodução

O Fazenda da Grama é um condomínio de campo localizado em Itupeva (70 km da capital). O empreendimento possui uma praia artificial, de aproximadamente um quilômetro, com ondas de até dois metros de altura para a prática de surfe.

Com terrenos que vão de 2,2 mil a 3,3 mil m², é possível encontrar imóveis avaliados em até R$ 50 milhões. Os proprietários ainda têm de arcar com uma conta mensal de condomínio de mais de R$ 7 mil pelos serviços disponíveis, como uma hípica, campos de golfe, lagos para práticas de esportes, academia, SPA, piscinas e quadras de tênis, entre outros.

Terras de São José

Quadras de Tenis Terras de São José. Foto: Reprodução

O Terras de São José, em Itu (90 km de São Paulo) faz parte da lista de empreendimentos do grupo Senpar e foi inaugurado em 1974. O local tem um centro hípico, 20 quadras de tênis de saibro e diversos lagos, além de um heliponto. Os imóveis estão avaliados entre R$ 10 milhões a R$ 45 milhões.

Haras Larissa

O Haras Larissa é um terreno de 550 hectares, em Monte Mor, que vem sendo transformado em um condomínio de luxo há mais de 15 anos. O projeto prevê a venda de 266 lotes de 1.500 m² a 3.000 m² e 21 lotes de 20 mil m² a 30 mil m².

O projeto prevê o Parque Larissa – uma área de 275 mil m² de área verde e atividades para as crianças, além de um espaço gastronômico flutuante com pizzaria e restaurante japonês ao redor de uma antiga chaminé histórica.

O condomínio fechado também vai contar com uma academia, spa, quadras de tênis e beach tennis, um centro hípico e até um espaço para prática de polo.

Comunicar erro
Jornalista Luciana Pombo

© 2024 Blog da Luciana Pombo é do Grupo Ventura Comunicação & Marketing Digital
Ajude financeiramente a mantermos nosso Portal independente. Doe qualquer quantia por PIX: 42.872.330/0001-17

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Jornalista Luciana Pombo
Acompanhantes GoianiaDeusas Do Luxo