Litoral Cidades

Dragagem do canal DNOS garante navegação segura e deve impulsionar o turismo em Pontal do Paraná

Canal deve ser aprofundado em 1,5 metro, garantindo a segurança da navegação para embarcações grandes e pequenas.

Por Da Redação

15/05/2024 às 16:09:13 - Atualizado há
Canal deve ser aprofundado em 1,5 metro, garantindo a segurança da navegação para embarcações grandes e pequenas. Foto: Prefeitura de Pontal do Paraná

Com um investimento aproximado de R$ 1 milhão, a Prefeitura de Pontal do Paraná deu início à dragagem e ao desassoreamento do Canal Artificial DNOS (Departamento Nacional de Obras e Saneamento), localizado no Balneário Pontal do Sul. Os trabalhos, que começaram na última segunda-feira (13), têm previsão de duração de três meses e visam aprofundar o canal em 1,5 metro, garantindo a segurança da navegação para embarcações grandes e pequenas em qualquer maré.

Benefícios para comunidade local e turismo

O prefeito Rudisney Gimenes Filho (MDB), o Rudão, acompanhou de perto o início da dragagem, a bordo de uma embarcação utilizada para a remoção de areia do fundo do canal. Às margens do canal estão comunidades de pescadores, marinas e o terminal de embarque de passageiros para a Ilha do Mel, que recebe milhares de turistas todos os anos. O prefeito destacou que a intervenção vai beneficiar a todos. “Essa dragagem vai beneficiar quem transita com embarcações no canal e também quem utiliza o canal para atividades de lazer“, afirmou.

Parceria e investimento estadual

Os recursos para a realização dos serviços foram garantidos por meio de um convênio entre a Prefeitura e o Governo do Estado, por intermédio do Instituto Água e Terra do Paraná (IAT-PR). Este é um dos três grandes projetos de dragagem em andamento no município. Além do Canal DNOS, estão sendo desassoreados o Canal Lagoa Amarela, com um investimento de R$ 1,7 milhão, e outros canais menores em toda a cidade.

Histórico das intervenções

A obra é um marco para a região, já que há mais de 20 anos não eram realizadas intervenções públicas no canal. Somente iniciativas isoladas de marinas e pescadores, como mutirões, conseguiam manter a navegabilidade do canal.

Essa nova dragagem marca um retorno do Poder Público às atividades de manutenção e melhoria da infraestrutura hídrica da região. Desde 2021, o município já investiu aproximadamente R$ 5,3 milhões na limpeza e desassoreamento de canais em diversas regiões de Pontal do Paraná.

Impacto ambiental e desenvolvimento sustentável

"Além dos benefícios diretos à navegação e ao turismo, a dragagem do Canal DNOS e de outros canais da cidade reflete um compromisso com o desenvolvimento sustentável e a preservação ambiental", afirmou Rudão Gimenes. Segundo ele, a remoção de sedimentos acumulados e a melhoria das condições de navegabilidade contribuem para a saúde dos ecossistemas locais e para a qualidade de vida da população.

*Com informações da Prefeitura de Pontal do Paraná

Fonte: JB Litoral
Comunicar erro
Jornalista Luciana Pombo

© 2024 Blog da Luciana Pombo é do Grupo Ventura Comunicação & Marketing Digital
Ajude financeiramente a mantermos nosso Portal independente. Doe qualquer quantia por PIX: 42.872.330/0001-17

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Jornalista Luciana Pombo
Acompanhantes Goiania