Política ? Home Destaques

Golpe do exame admissional: entenda o mecanismo e não caia nessa

Conquistar a sonhada vaga no mercado de trabalho não é tarefa fácil.

Por Da Redação

16/04/2024 às 15:52:19 - Atualizado h√°

Conquistar a sonhada vaga no mercado de trabalho não é tarefa fácil. Criminosos se aproveitam das vitimas, que movidas pela busca de empregos, são alvos fáceis para cair no novo golpe do exame admissional. Entenda como funciona esse esquema que usa falsas oportunidades para enganar e tirar dinheiro dos desempregados.

Como funciona o golpe do exame admissional?

Criminosos aplicam golpe em trabalhadores desempregados oferecendo oportunidades de emprego falsas. Eles se passam por grandes empresas, como Infojobs, Vagas.com e Catho, enviando SMS com falsas vagas pré-aprovadas. Os golpistas exigem pagamento de exames admissionais- chegando a ser orientadas a entrar em contato com a Clínica RHMED, via WhatsApp, para agendamento – prometendo reembolso após a contratação.

A procura de trabalho, pessoas como Ramon Oliveira, Marcele Fernandes e Maria Beatriz relataram ao G1 que foram vítimas do golpe, pagando por exames que nunca ocorreram. Após o pagamento, os golpistas desapareceram, deixando elas sem resposta.

Quem paga o exame admissional?

O exame admissional é obrigatório para trabalhadores contratados pelo regime CLT, realizado por médicos do trabalho para garantir que o candidato esteja apto para suas funções.

Golpe do exame médico admissional

Criminosos solicitam o pagamento do exame médico admissional alegando reembolso posterior do valor. Reprodução Getty Images

Porém, é importante alertar que o custo é de responsabilidade do empregador, conforme é estabelecido em artigo 168 da CLT. A advogada especialista em Direito e Processo do Trabalho, Janaína Bono de Oliveira Martins, explicou ao G1 que não é comum as empresas pedirem que o trabalhador pague pelo exame, isso se trata de uma prática utilizada por quadrilhas para aplicar golpes.

"Algumas quadrilhas chegam a informar que o valor será reembolsado pelo empregador após o início do contrato de trabalho, o que também não é o procedimento padrão e amparado por lei", adverte a advogada.

Proteja-se!

Para se proteger do golpe, a especialista em Processo do Trabalho separou recomendações para as pessoas poderem continuar suas busca por oportunidades sem cair nas artimanhas de criminosos. Entre elas, está a recomendação para que os candidatos não façam nenhum tipo de pagamento, seja por pix, cartão de crédito ou débito, ao receberem solicitações de exame admissional ou outras taxas durante o processo de contratação. A advogada acrescenta que, caso se torne vítima dessa fraude, é importante entrar em contato imediato com o banco para tentar o reembolso e registrar um boletim de ocorrência online.

Além disso, outro especialista, Lucas Lago, junto ao LinkedIn, também oferecem orientações adicionais como evitar o download de arquivos enviados por SMS ou WhatsApp, usar antivírus em dispositivos eletrônicos, desconfiar de publicações de empresas sem site oficial ou e-mail com domínio próprio, ter cautela com links que solicitam informações pessoais e verificar a identidade do recrutador através de pesquisas online.

Comunicar erro
Jornalista Luciana Pombo

© 2024 Blog da Luciana Pombo é do Grupo Ventura Comunicação & Marketing Digital
Ajude financeiramente a mantermos nosso Portal independente. Doe qualquer quantia por PIX: 42.872.330/0001-17

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Jornalista Luciana Pombo
Acompanhantes Goiania