Grande Curitiba Geral

Greca inspeciona obras da Rua da Cidadania da CIC em Curitiba, que deve ser entregue à população em 2024

COM ASSESSORIAS – O prefeito Rafael Greca vistoriou, na tarde dessa quinta-feira (7/12), as obras da Rua da Cidadania da CIC, que têm 90% dos trabalhos de fundação concluídos.

Por Da Redação

08/12/2023 às 15:00:23 - Atualizado há
Foto: Reprodução internet

COM ASSESSORIAS – O prefeito Rafael Greca vistoriou, na tarde dessa quinta-feira (7/12), as obras da Rua da Cidadania da CIC, que têm 90% dos trabalhos de fundação concluídos. Na parte de infraestrutura total, a construção da edificação, que aproximará os serviços da Prefeitura aos moradores da região, atingiu cerca de 80%, somando blocos, baldrames e laje do subsolo. O empreendimento está sendo erguido na Vila Nossa Senhora da Luz, no coração do conjunto habitacional mais antigo da cidade.

Localizada na Rua Orlando Luís Lamarca, 438, numa região que já abriga unidade de saúde, escola municipal, Farol do Saber, Teatro da Vila e um Centro de Referência de Assistência Social (Cras), o equipamento público vai assegurar a descentralização dos serviços municipais, beneficiando moradores dos bairros CIC, São Miguel, Augusta e Riviera.

"Alegria em ver a Rua da Cidadania da Cidade Industrial de Curitiba, na praça da Igreja de Nossa Senhora da Luz, na Vila Nossa Senhora da Luz. A ideia é que essa região, onde houve o primeiro assentamento humano e urbano habitacional de Curitiba, se transforme no ponto do convívio e da cidadania", disse o prefeito Rafael Greca.

Acompanhado do secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Araújo Rodrigues, dos arquitetos do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) responsáveis pelo projeto, Mauro Magnabosco e Flavia Pohl, do administrador da Regional CIC, Rafael Kenji, o prefeito conferiu em detalhes os trabalhos que até o momento já consumiram cerca de 2 mil metros cúbicos de concreto e 300 toneladas de aço.

"Eu escolhi de propósito, em nome da história, o coração da Vila Nossa Senhora da Luz para ser a Rua da Cidadania da Cidade Industrial, a última das dez que nós temos construído em Curitiba desde 1993. Eu fiz as seis primeiras, meus antecessores fizeram três outras e agora a última rua está sendo construída por mim, nesse meu terceiro contato", disse o prefeito.

Moradores fiscais

Moradora da vila desde a fundação, em 1965, a aposentada Leonir Lucinda dos Santos, 89 anos, acompanha da janela da casa, há menos de 20 metros de distância do canteiro de obras, o andamento dos serviços. Ao saber da inspeção, foi ao encontro do prefeito para relatar o que ela presencia diariamente, observando o avanço nos trabalhos.

"A gente que entrou aqui quando só tinha barro, que acompanhou o crescimento da região e agora vê essa maravilha sendo erguida fica maravilhada. Essa obra é uma das melhores coisas para as pessoas daqui, para a região, para a nossa cidade", disse Leonir.

Fases da Obra

No piso térreo, mais da metade da extensão (58%) da laje já foi concretada, sendo 2.713 metros quadrados concluídos dos 4.669 metros quadrados que formam o pavimento. No primeiro pavimento, serão 2.370 metros quadrados de laje, dos quais 453 metros quadrados (equivalente a 20% da área) foram concretados nessa quinta-feira. No subsolo, começaram os serviços de alvenaria.

"Vencemos etapas desafiadoras, com o progresso na fundação da obra num período de muita chuva, e agora avançamos para a fase de superestrutura (pilares, lajes e vigas) com concreto armado e com a previsão de iniciarmos entre março e abril a etapa de estruturas metálicas", destaca o secretário municipal Rodrigo Araujo Rodrigues, de Obras Públicas.

Coordenadas pelo Departamento de Edificações da Secretaria Municipal de Obras Públicas (Smop), as obras seguem um projeto inovador do Ippuc, com ênfase no reaproveitamento energético e na geração de energia limpa.

O investimento, no valor de R$ 41 milhões, é proveniente de recursos próprios do município. A conclusão da obra está prevista para o segundo semestre de 2024.

Energia Solar

A obra é também referência em inovação e sustentabilidade. A nova estrutura incluirá a captação de energia solar por placas fotovoltaicas instaladas na cobertura e um sistema de reservatório para o reuso da água da chuva. A imponente construção, com três pavimentos, ocupará o espaço do antigo ginásio de esportes CSU, na Cidade Industrial, aproximando os serviços públicos de mais de 206.342 moradores dos quatro bairros que formam a regional.

Além de fornecer uma nova estrutura administrativa para serviços municipais próximos aos cidadãos, a obra também revitalizará um espaço anteriormente degradado e subutilizado. O antigo ginásio será adaptado para atender às novas demandas de atividades esportivas e de lazer.

Com uma área construída total de 14,5 mil metros quadrados, dos quais 8,8 mil metros quadrados serão destinados à ala de atendimento da rua, além de subsolo com 5,7 mil metros quadrados para estacionamento e serviços gerais, a nova sede promete oferecer uma infraestrutura completa e moderna.

"Esse é um projeto que traz para o coração da primeira vila habitacional de Curitiba o serviço público. Será um grande eixo de animação, educação e oferta de serviços municipais e que servirá para resgatar, revitalizar e conscientizar as pessoas sobre a importância desta primeira vila de Curitiba", disse Mauro Magnabosco, arquiteto do Ippuc.

Projeto arquitetônico

O pavimento inferior (acesso direto pela Rua Davi Xavier Silva) servirá à área de estacionamento coberto, áreas de apoio, espaço para a Guarda Municipal, além de área esportiva com quadra de esportes, vestiários, salas multiusos, sala de ginástica, sala de musculação e áreas de apoio. No pavimento térreo (acesso principal pela Rua Orlando Luís Lamarca) ficarão os espaços descentralizados das secretarias municipais para atendimento aos cidadãos, a área de administração, copa e refeitório para servidores, salas de reuniões e áreas de apoio.

Integração de equipamentos

A Rua da Cidadania da CIC vai integrar os equipamentos públicos existentes na região, entre eles o Farol do Saber Frei Miguel Bottacin, o Cras Nossa Senhora da Luz, a Escola Municipal Albert Schweitzer, a Unidade de Saúde Nossa Senhora da Luz e o Teatro da Vila.

Haverá uma ligação de pedestres desde a Rua da Cidadania até a estação Pedro Gusso, numa extensão de 250 metros, para atender tanto os usuários da Rua da Cidadania como o campus da UTFPR, localizado na antiga fábrica da Siemens. Uma linha circular de micro-ônibus fará a ligação da Rua da Cidadania ao Terminal CIC-Sul.

O engenheiro fiscal da obra pela Smop, Leandro Guerini, afirma que tem sido um desafio construir a edificação no terreno cercado pelos outros equipamentos. "A construção ocupa quase que a totalidade do espaço destinado à obra", diz Guerini.

Também houve necessidade de alteração nas vias locais, que, por serem muito estreitas, não comportavam a movimentação dos equipamentos e, à época inicial dos trabalhos, a realização de ensaios de solo e análises profundas para confirmar a capacidade de suporte da estrutura.

Sedes próprias

Com a nova unidade, as dez administrações regionais vão contar com sedes próprias. A primeira (Rua da Cidadania Boqueirão) e a última a serem entregues à população foram feitas em gestões do prefeito Rafael Greca. A Administração Regional da CIC funciona atualmente na Rua Manoel Waldomiro de Macedo, 2.470, em um imóvel alugado.

De acordo com o administrador regional Raphael Keiji Assahida, a nova sede também promoverá melhores condições de trabalho aos servidores.

Também acompanharam a vistoria técnica a diretora de projetos do Ippuc, Celia Bin; o diretor do departamento e Edificações da Smop, Soélio Vendramin; o coordenador da construtora Guetter, executora da obra, Paulo Guetter; e o engenheiro coordenador de obras, Carlos Eduardo Vecchi.

TAGS Geral
Comunicar erro
Jornalista Luciana Pombo

© 2024 Blog da Luciana Pombo é do Grupo Ventura Comunicação & Marketing Digital
Ajude financeiramente a mantermos nosso Portal independente. Doe qualquer quantia por PIX: 42.872.330/0001-17

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Jornalista Luciana Pombo