Polícia Propina

Policial penal e ex-agente são presos suspeitos de concederem benefícios a presos em troca de propina no Paraná

Operação expediu tamb√©m mandados contra dois ex-detentos e um preso. Policial penal teria utilizado mão de obra de presos para reformar a própria casa, diz MP-PR.

Por g1 PR e RPC

22/09/2023 às 11:31:04 - Atualizado h√°
Policial penal e ex-agente são presos durante operação contra pagamento de propina dentro de cadeia do Paraná ¬- Foto: Reprodução/RPC Na ação, foram cu

Um policial penal e um ex-agente do Departamento de Polícia Penal do Paran√° (Deppen) foram presos nesta quinta-feira (21) suspeitos de concederam benefícios a presos da Cadeia Pública de Laranjeiras do Sul em troca de propinas.

As investigações apontaram que os agentes públicos receberam ao menos R$ 50 mil.


As prisões ocorreram durante uma operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).


Segundo o Ministério Público do Paran√° (MP-PR), os dois são investigados pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de ativos – uma vez que tentaram dissimular os repasses de valores usando outras pessoas para o recebimento das propinas – e prevaricação qualificada, por permitirem que v√°rios presos ficassem em posse de aparelhos celulares.


Conforme o órgão, o policial penal teria ainda utilizado mão de obra de presos para reformar sua própria casa.


Outros envolvidos

Na ação, foram cumpridos quatro mandados de prisão preventiva e dez de busca e apreensão, em Laranjeiras do Sul e Cantagalo, na região central do Paran√°, e em Cascavel, no oeste do estado.


De acordo com o Gaeco, um quinto mandado de prisão ainda est√° pendente de cumprimento.


O MP-PR informou que a operação expediu mandados contra um preso e dois ex-detentos, entre os quais o do mandado ainda não cumprido, que teriam feito os pagamentos.


O órgão disse ainda que os mandados de busca foram cumpridos nas resid√™ncias dos investigados presos, na casa de dois policiais militares suspeitos de receberem vantagens indevidas, como serviços de pedreiros e pintores supostamente realizados por detentos nas casas, e de pessoas que teriam emprestado contas banc√°rias para recebimento dos valores.

Fonte: G1
Comunicar erro
Jornalista Luciana Pombo

© 2024 Blog da Luciana Pombo é do Grupo Ventura Comunicação & Marketing Digital
Ajude financeiramente a mantermos nosso Portal independente. Doe qualquer quantia por PIX: 42.872.330/0001-17

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Jornalista Luciana Pombo
Acompanhantes Goiania