Geral Mundo

Afeganistão lidera lista dos países que mais perseguem cristãos no mundo, diz ONG

Por Da Redação

20/01/2022 às 19:08:49 - Atualizado há

Mais de 360 ??milhões de cristãos em todo o mundo sofrem perseguição e discriminação em consequência da fé, apontou relatório anual da ONG Open Doors (Portas Abertas, em tradução literal) divulgado nesta quarta-feira (19). As informações são do jornal Washington Times.

O relatório destacou 50 países onde até 100 milhões de cristãos enfrentam perigo por causa de suas crenças. No topo da lista estão Afeganistão, Nigéria e Índia. A China aparece na 17ª posição.

O país do Oriente Médio, que desde agosto de 2021 é controlado pelo Taleban, encabeça a listagem de nações mais perigosas do mundo para os fiéis que seguem o cristianismo, desbancando a Coreia do Norte da liderança pela primeira vez em 20 anos.

Intolerância religiosa é causadora de mortes e prisões no mundo (Foto: Pixabay/Divulgação)

De acordo com o presidente da Portas Abertas, David Curry, o desastre humanitário em Cabul trouxe repercussões massivas. “A grande questão dos refugiados desencadeada pela tomada do poder significa que os talibãs tentarão matar aqueles suspeitos de serem cristãos, bem como aqueles de diferentes visões políticas”.

Em outubro, a Comissão de Liberdade Religiosa Internacional dos EUA informou que as condições para as minorias religiosas no Afeganistão “se deterioraram” desde que a organização islâmica assumiu o controle do país.

Em relação ao resto do mundo, segundo Christian Nani, diretor de Portas Abertas Itália, a intolerância atingiu nível recorde.

“Desde que realizamos este relatório, há cerca de 30 anos, este é o nível mais elevado em termos absolutos de perseguição. Um cristão em cada sete no mundo é perseguido. Na África um cristão em cada cinco e na Ásia dois em cada cinco. Estamos assistindo ao crescimento de um fenômeno que diz respeito à vida de comunidades e de indivíduos cristãos, sob vários pontos de vista”, relatou a liderança ao portal Vatican News.

O estudo da Portas Abertas também relatou que 5.898 cristãos foram mortos por sua fé em 2021, número que representa um aumento de 24% em relação a 2020. Cerca de 79% desses assassinatos (4.650) ocorreram na Nigéria. Aproximadamente 11% (620 homicídios) foram no Paquistão.

Na Índia, Curry aponta que as políticas do primeiro-ministro indiano Narendra Modi e seu Partido Bharatiya Janata (BJP), são responsáveis ??por “uma agenda nacionalista, que criou uma narrativa de que os cristãos são o inimigo e encoraja multidões a atacar os crentes”.

O relatório da ONG trouxe o dado de que 1.310 cristãos foram detidos ilegalmente no país no ano passado “por motivos relacionados à fé”.

Fonte: A Referência
Comunicar erro
Jornalista Luciana Pombo

© 2022 Blog da Luciana Pombo é do Grupo Ventura Comunicação & Marketing Digital
Avenida Emilio Jhonson, 323 - sala 4. Centro. Almirante Tamandaré - PR. Fonte: (41) 9 9229-1359.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Jornalista Luciana Pombo