Economia camboja

Vírus ligados ao SARS-CoV-2 é identificado em morcegos do Camboja há mais de uma década

Por Da Redação

25/11/2021 às 00:47:56 - Atualizado há

O vírus da Covid-19 pode estar circulando há uma década. Essa é a conclusão de uma equipe de cientistas, que identificou um coronavírus intimamente relacionados ao vírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19, em amostras de dois morcegos encontrados no Camboja há mais de uma década.

De acordo com a Revista Planeta, a descoberta, descrita na revista Nature Communications, e a recente detecção dos ancestrais mais próximos do SARS-CoV-2 conhecidos até o momento em morcegos que vivem em cavernas no Laos indicam que os vírus relacionados ao SARS-CoV-2 têm uma distribuição geográfica muito mais ampla do que a relatada anteriormente.

+ Governo libera R$ 1,4 bilhões para compra de vacinas contra a covid-19

As descobertas confirmam a hipótese de que a pandemia se originou por meio do transbordamento de um vírus transmitido por morcegos.

Conforme a publicação, os cientistas usaram o sequenciamento metagenômico para identificar os vírus quase idênticos em dois morcegos-ferradura-de-shamel (Rhinolophus shameli) originariamente amostrados em 2010.

Assim, consideram os autores, o entendimento atual da distribuição geográfica das linhagens SARS-CoV e SARS-CoV-2 possivelmente reflete uma falta de amostragem no sudeste da Ásia, ou pelo menos na sub-região do Grande Mekong, que abrange Mianmar, Laos, Tailândia, Camboja e Vietnã, bem como as províncias de Yunnan e Guanxi, na China.

Comunicar erro
Jornalista Luciana Pombo

© 2021 Blog da Luciana Pombo é do Grupo Ventura Comunicação & Marketing Digital
Avenida Emilio Jhonson, 323 - sala 4. Centro. Almirante Tamandaré - PR. Fonte: (41) 9 9229-1359.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Jornalista Luciana Pombo