Política Ciência

Marcos Pontes diz que vai tentar rever cortes de Bolsonaro na ciência

Por Congresso em Foco

13/10/2021 às 14:59:29 - Atualizado h√°

Depois de reclamar publicamente de cortes no ministério da Ci√™ncia e Tecnologia, o chefe da pasta Marcos Pontes, afirmou que vai dialogar com o presidente Jair Bolsonaro para reverter o enxugamento da verba. Em audi√™ncia p√ļblica na Comiss√£o de Educa√ß√£o da C√Ęmara dos Deputados o ministro disse que a altera√ß√£o repentina no or√ßamento n√£o afeta as bolsas existentes no CNPq, mas pode comprometer projetos de import√Ęncia econômica e até mesmo de enfrentamento da pandemia.

O corte registrado para a pasta de Marcos Pontes é de R$ 690 milh√Ķes, o que corresponde a 92% dos recursos para investimento em ci√™ncia. Esse dinheiro estava previsto dentro do de um projeto para repasse via crédito suplementar para pesquisa e a√ß√Ķes estruturantes (PLN 16/2021). Esse valor caiu para R$ 89,8 milh√Ķes.

"N√£o é um recurso alto, mas é um recurso essencial. Trata-se de coisas estratégicas", disse Pontes que afirmou ter sido pego de surpresa com a not√≠cia.

O ministro também alertou que caso n√£o haja revers√£o, h√° risco de comprometer projetos estratégicos n√£o apenas na pasta dele, mas também nas demais.

Diante dos parlamentares, Pontes comentou ter enviado of√≠cios ao presidente Jair Bolsonaro, bem como ao Ministério da Economia e à Secretaria-Geral da Presid√™ncia da Rep√ļblica.

Ele também afirmou que pretende insistir em defender o or√ßamento de sua pasta, mesmo que isso signifique a perda de seu cargo como ministro. "N√£o me apego a cargo, me apego à miss√£o. Quando pego a miss√£o, vou até o final. (?) Se precisar fazer alguma coisa muito dif√≠cil, a gente faz pensando na miss√£o. (?) Eu vou continuar a defender a ci√™ncia no Brasil, isto por causa da miss√£o que temos com a ci√™ncia".

Encontro com deputada nazista

Durante a audi√™ncia, o ministro foi questionado sobre o encontro que teve, em seu gabinete, com a deputada alem√£ Beatrix von Storch, parlamentar do partido neonazista Alternativa para a Alemanha. Marcos Pontes disse que desconhecia o alinhamento ideológico da deputada e que foi "enganado" pela deputada Bia Kicis (PSL-DF).

"Eu recebi uma liga√ß√£o vinda da assessoria da deputada Bia Kicis solicitando que eu tirasse uma foto com uma deputada cujo irm√£o era um astronauta alem√£o", narrou à comiss√£o afirmando que, por conta disso, acreditou ser conhecido do irm√£o de von Storch e aceitou o encontro. Ele relatou, ent√£o, ter descoberto posteriormente que se tratava de um cunhado da parlamentar alem√£ que pretendia atuar como astronauta, mas que n√£o conseguiu e tornou-se piloto de avia√ß√£o comercial.

"Mesmo sendo contra o nazismo, eu seria obrigado a receber qualquer representante oficial de um pa√≠s amigo, por obriga√ß√£o do cargo", acrescentou porém.

Comunicar erro
Jornalista Luciana Pombo

© 2021 Blog da Luciana Pombo é do Grupo Ventura Comunicação & Marketing Digital
Avenida Emilio Jhonson, 323 - sala 4. Centro. Almirante Tamandaré - PR. Fonte: (41) 9 9229-1359.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Jornalista Luciana Pombo