Entretenimento Fama

Madonna critica a suspensão do direito ao aborto nos Estados Unidos: 'Medo'

Por Da Redação

27/06/2022 às 06:55:26 - Atualizado há

"Acordei com a terrível notícia de que Roe V Wade [ as mulheres norte-americanas tinham direito ao aborto desde 1973] havia sido derrubado e é isso. A legislação decidiu que não temos mais direitos como mulheres sobre nossos corpos. Essa decisão mergulhou a mim e a todas as outras mulheres deste país em profundo desespero. Agora, a Suprema Corte decidiu que os direitos das mulheres não são mais direitos constitucionais. Na verdade, temos menos direitos do que uma arma", começa Madonna, que na sexta-feira (24) se apresentou no Finally Enough Love, celebração pelo mês do orgulho LGBTQIA+

A cantora continuou criticando a decisão e convocou as mulheres para a luta. "Estou com medo pelas minhas filhas. Estou com medo por todas as mulheres na América. Estou simplesmente com medo. Acho que Deus colocou isso em nossos ombros agora porque ele sabia que éramos fortes para suportar o peso. Somos fortes para lutar", observa a cantora.

"Vamos superar! Encontraremos uma maneira de torná-la uma lei federal para proteger os direitos ao aborto! Mulheres, vocês estão prontas para lutar?", questiona Madonna finalizando a convocação. Ela ainda postou fotos com as filhas, Lourdes e Mercy James. O filho David Banda também aparece na publicação em sua rede social.

TAGS Fama
Comunicar erro
Jornalista Luciana Pombo

© 2022 Blog da Luciana Pombo é do Grupo Ventura Comunicação & Marketing Digital
Ajude financeiramente a mantermos nosso Portal independente. Doe qualquer quantia por PIX: [email protected] / 42.872.330/0001-17

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Jornalista Luciana Pombo