Esportes Esporte

FIA estende prazo para Hamilton retirar piercing do nariz

Por Da Redação

27/05/2022 às 23:39:23 - Atualizado há

A principio, Hamilton teria até o Grande Prêmio de Mônaco, disputado neste fim de semana, para remover o piercing. Agora, o britânico terá até o começo de julho. Dessa forma, além de Mônaco, o piloto poderá correr no Azerbaijão e no Canadá com o acessório.

A proibição do uso de joias em corridas foi criada em 2004, mas reforçada em abril deste ano por Niels Wittich, diretor de prova da Fórmula 1. A medida, porém, incomodou alguns pilotos. Hamilton ameaçou não disputar o GP de Miami, já Sebastian Vettel vestiu uma cueca por cima do macacão.

"Honestamente, sinto que estamos dedicando tempo e energia demais nisso. Já falei tudo o que sinto que precisava dizer. Tirei os brincos toda vez que entrei no carro. A proibição surgiu em 2005, e todos nós usamos joias durante toda nossa carreira e isso nunca foi um problema no passado. Não há razão para que seja um problema agora", disse Hamilton nesta semana, já em Mônaco.

Já a FIA justifica que "a presença de joias pode retardar, devido ao risco de 'enroscar', a remoção emergencial de equipamentos de segurança do motorista, como capacete, balaclava e macacão. No caso em que imagens médicas são necessárias para informar o diagnóstico após um acidente, a presença de joias no corpo pode causar complicações e atrasos significativos".

Polêmicas à parte, Hamilton foi o 12º no segundo treino livre do GP de Mônaco, realizado na tarde desta sexta-feira (27). O terceiro treino livre acontece neste sábado(28), às 8h, e a classificação será às 11h. O GP de Mônaco terá início às 10h de domingo (29).

Comunicar erro
Jornalista Luciana Pombo

© 2022 Blog da Luciana Pombo é do Grupo Ventura Comunicação & Marketing Digital
Ajude financeiramente a mantermos nosso Portal independente. Doe qualquer quantia por PIX: [email protected] / 42.872.330/0001-17

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Jornalista Luciana Pombo