Esportes Esporte

Inter sofre com 'lei do ex', mas busca empate contra o Cuiabá

Por Da Redação

22/05/2022 às 12:05:20 - Atualizado há


Com o resultado, Cuiabá e Inter ocupam posições intermediárias na classificação. O Colorado tem 10 pontos e o Dourado soma 8.


O jogo foi repleto de confusões no segundo tempo. Além da expulsão de João Lucas, no lance do pênalti que ocasionou o gol de empate do Inter, o técnico Luiz Fernando Iubel e o meia Rafael Gava, que estava no banco, também levaram o vermelho.


O Cuiabá volta a campo na quinta-feira (26) para encarar o Melgar (PER) pela Sul-Americana. Pela mesma competição, o Internacional joga na terça-feira (24) contra o Guaireña (PAR).
LEI DO EX
Valdívia é cria do Internacional e deu a volta por cima depois de deixar o clube. Hoje, pela primeira vez enfrentou o Colorado. Vestindo a 10 do Cuiabá, foi a principal figura do primeiro tempo, reclamou um pênalti não marcado, quase fez um golaço. Na etapa final, em cobrança de falta, abriu o placar.


FOI MAL: DANIEL
O chute de Valdívia foi forte, mas Daniel chegou a tocar nela e não conseguiu evitar o gol. A conclusão rasteira que acabou na rede foi uma falha do goleiro do Inter e importante no contexto da partida.


FALTA BOBA
O gol do Cuiabá, que abriu o placar do jogo, surgiu de uma falta boba cometida por Moisés. O lateral esquerdo do Inter empurrou Rodriguinho na entrada da área, sendo que a bola estava em disputa pelo alto e o adversário de costas para o gol. Na cobrança saiu o gol adversário.


PÊNALTI, EXPULSÃO E VAR
O empate do Inter aconteceu em um lance revisado pelo VAR. Em cobrança de escanteio, Gabriel Mercado cabeceou e foi atingido por João Lucas. Após ser alertado pelo árbitro de vídeo, o juiz da partida marcou pênalti e ainda expulsou o jogador do Cuiabá, que já tinha amarelo. De Pena igualou o placar.


O JOGO DO CUIABÁ
O Cuiabá teve controle da bola por boa parte do jogo, mas não conseguiu encontrar os caminhos para entrar na defesa do Inter. Seus movimentos mais firmes surgiram de falhas do Colorado na saída de bola. Valdivia foi a arma mais forte no setor ofensivo. Defensivamente, Walter foi o grande nome, evitando as conclusões perigosas da equipe gaúcha.


O JOGO DO INTER
O Inter teve atuação firme. Sem dar espaços ao rival, ainda que tivesse abola por menos tempo, criou oportunidades desde o primeiro tempo. Wanderson foi o principal jogador do time visitante, desequilibrando a defesa adversária pela esquerda com dribles, chutes e cruzamentos sempre interessantes. Mas, a defesa, pilar do time na etapa inicial, falhou na segunda parte do jogo e permitiu o gol de Valdivia, de falta.

Cuiabá
Walter; João Lucas, Marllon, Empereur e Uendel; Rivas (Marcão), Pepê e Valdivia (Marquinhos); Alesson (André Luís), Felipe Marques (Rodriguinho) e Jenison (André). Técnico: Luiz Fernando Iubel

Inter
Daniel; Bustos, Vitão, Mercado e Moisés; Gabriel, Edenilson (Mauricio), Liziero (De Pena) e Alan Patrick (Wesley Moraes); Wanderson (Pedro Henrique) e David (Alemão). Técnico: Mano MenezesLocal: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)
Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)
Auxiliares: Éder Alexandre (SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)
Cartões amarelos: João Lucas, Empereur (CUI); Wanderson, Mercado, Moisés, Pedro Henrique, De Pena, Wesley Moraes, Keiller (INT)
Cartões vermelhos: João Lucas (CUI)
Gols: Valdivia, do Cuiabá, aos 4 minutos do segundo tempo; De Pena, do Inter, aos 37 minutos do segundo tempo;

Comunicar erro
Jornalista Luciana Pombo

© 2022 Blog da Luciana Pombo é do Grupo Ventura Comunicação & Marketing Digital
Ajude financeiramente a mantermos nosso Portal independente. Doe qualquer quantia por PIX: [email protected] / 42.872.330/0001-17

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Jornalista Luciana Pombo