Geral Esporte

São Paulo repudia invasão de campo e diz esperar por ação da polícia no caso

Por Da Redação

23/01/2022 às 11:33:32 - Atualizado há

Em um breve comunicado, o São Paulo afirma "repudiar veementemente qualquer ato de violência e espera que os culpados sejam responsabilizados pela Polícia".

Já nos acréscimos do segundo tempo do clássico válido pela semifinal da Copinha, alguns torcedores são-paulinos - única torcida presente no estádio - invadiram o campo de jogo e se direcionaram aos atletas do Palmeiras. Jogadores do São Paulo tentaram intervir e evitar que algo de pior acontecesse. Seguranças e policiais foram acionados e a invasão foi interrompida. No entanto, foi encontrada uma faca, cujo dono seria um dos torcedores que esteve no gramado.

Apesar do descontentamento do time do Palmeiras, que esperava o encerramento da partida - dado que faltavam pouco menos de dois minutos para a finalização do duelo -, o árbitro decidiu retomar o jogo mesmo com a insegurança causada pela invasão. O São Paulo ainda teve tempo de pressionar o time alviverde em busca do gol de empate, mas não teve sucesso.

Com o apito final, o Palmeiras confirmou a vitória por 1 a 0 e se garantiu na final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O adversário será o também rival Santos. A partida decisiva será disputada na próxima terça-feira, aniversário de 468 anos da capital paulista.

Cenas tristes na #Copinha2022... Torcedores com o uniforme do São Paulo e com faca invadiram o gramado e partiram pra cima dos jogadores do Palmeiras! pic.twitter.com/dzNOCmAExk

— TNT Sports Brasil (@TNTSportsBR) January 23, 2022 " target="_blank" rel="noopener">

Comunicar erro
Jornalista Luciana Pombo

© 2022 Blog da Luciana Pombo é do Grupo Ventura Comunicação & Marketing Digital
Ajude financeiramente a mantermos nosso Portal independente. Doe qualquer quantia por PIX: [email protected] / 42.872.330/0001-17

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Jornalista Luciana Pombo