Geral China

China lança dois satélites e chega a 400 voos com foguete Long March

Por Da Redação

19/01/2022 às 19:06:11 - Atualizado há

Um novo grupo dos elusivos satélites Shijian-06 foram lançados pela China em seu primeiro lançamento de 2022 – uma ocasião que comemora também a marca de 400 voos do foguete Long March.

Os satélites em questão só são elusivos, contudo, no que tange à sua aparência: o governo chinês nunca liberou nenhuma imagem dos artefatos, mas suas funções de exploração espacial e testes de verificação tecnológica já são conhecidos pelo mundo todo.

Leia também

Imagem mostra momento do primeiro lançamento de foguete da China, com o foguete Long March ao centro
O primeiro lançamento da China em 2022 – e 400º voo do foguete Long March – levou dois satélites de inteligência à órbita da Terra (Imagem: CNSA/Divulgação)

O grupo em questão também recai sobre essas categorias, embora analistas do Ocidente indiquem que sua órbita – aproximadamente 585 quilômetros (km) da superfície da Terra e sincronizada com o Sol – sirva a propósitos como inteligência de sinais e eletrônicos.

O foguete a executar o lançamento foi um Long March 4B, desenvolvido e fornecido pela Academia de Xangai de Tecnologia de Voo Espacial (SAST). O lançamento usou um propelente hipergólico (em resumo: dois compostos químicos que entram em ignição espontaneamente e sem a presença de oxigênio) – a carga tinha capacidade de levantar 2,8 toneladas de peso.

Segundo a mídia estatal chinesa, o Long March usado na ocasião recebeu a sigla “YYDS” (em inglês, “GOAT”, ou “o maior de todos os tempos”, na tradução para o nosso português). Vale lembrar que o 300º voo foi conduzido em março de 2019, há três anos e meio. De lá para cá, o programa espacial chinês evoluiu em enormes saltos – em 2021, o país chegou a 56 lançamentos, com 53 sucessos e apenas três falhas.

A tecnologia espacial chinesa vem ganhando robustez desde 2014, quando o país inaugurou a base de lançamento costeira em Wenchang, dedicada a foguetes de grande porte. Além disso, a nação asiática vem desenvolvendo uma rede de sensores remotos via satélite e de comunicação no espaço – isso, fora a sua própria estação espacial.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Fonte: Olhar Digital
Comunicar erro
Jornalista Luciana Pombo

© 2022 Blog da Luciana Pombo é do Grupo Ventura Comunicação & Marketing Digital
Avenida Emilio Jhonson, 323 - sala 4. Centro. Almirante Tamandaré - PR. Fonte: (41) 9 9229-1359.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Jornalista Luciana Pombo