Geral Ponta Grossa

Ponta Grossa cria protocolo para quem recusar marca da vacina

Por Da Redação

28/10/2021 às 15:57:42 - Atualizado há

Depois de oito meses de vacinação, a Prefeitura de Ponta Grossa acaba de definir qual será o protocolo de vacinação para quem se recursar a tomar a primeira dose de vacina contra covid-19. A Lei 14.069/21, de autoria do vereador Júlio Küller, é decorrente de projeto de lei apresentado em julho, prevendo quem não quiser tomar primeira dose, em razão da marca da vacina.

Marca da vacina

O texto se refere apenas a quem recusar imunização por conta da marca do imunizante. Conforme detalhado no texto, a renúncia ao imunizante motivará a suspensão do direito à vacinação no período regular previsto dentro do coronograma do Plano Municipal de Imunização. Em outras palavras, quem não quiser tomar vacina por causa da marca, vai para o final da fila e só vai receber imunizante quando o cronograma tiver atendido todos os demais grupos.

Termo de Recusa

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) deverá apresentar um Termo de Recusa, a ser assinado por quem não quiser receber a vacina ofertada. “O termo deverá ser anexado ao cadastro único do paciente na rede municipal de saúde, a fim de que fique impossibilitado de se vacinar em outro equipamento até a finalização do cronograma previsto”.

De acordo com o dado mais recente do vacinômetro do município, 241.731 pessoas receberam a primeira dose de vacina, o que corresponde a cerca de 67,7% da população até agora incluída no programa de imunização contra o novo coronavírus.

Fonte: DCMais
Comunicar erro
Jornalista Luciana Pombo

© 2021 Blog da Luciana Pombo é do Grupo Ventura Comunicação & Marketing Digital
Avenida Emilio Jhonson, 323 - sala 4. Centro. Almirante Tamandaré - PR. Fonte: (41) 9 9229-1359.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Jornalista Luciana Pombo