Nome

E-Mail

15/09/2020 às 16h08min - Atualizada em 15/09/2020 às 16h08min

Incêndio no Pantanal pode ter sido criminoso

Polícia Federal acredita que o fogo tenha sido causado para transformar a mata em pasto

Nalu Pombo
Com informações do g1
Foto: PF/Divulgação
O incêndio que está acontecendo no Pantanal, em Mato Grosso do Sul (MS), foi para transformar a área de vegetação natural em área de pastagem para gado, conforme diz a Polícia Federal (PF).
 
A PF iniciou a Operação Matáá – que significa fogo no idioma guató – na manhã de ontem (14) para investigar quem são os responsáveis pelo incêndio que destruiu 25 mil hectares de áreas de preservação permanente (APPs) e na serra do Amolar.
 
Imagens de satélite denunciaram o local de origem do fogo, segundo informou o delegado Alan Givigi. "As investigações indicam que o fogo tenha sido colocado para depois transformar em pastagem. Você extrai a mata nativa, e aí fica a pastagem para o gado", disse.
 
Dez mandados de busca e apreensão foram expedidos pela 1ª Vara Federal de Corumbá.
 
A PF não divulgou quem são os responsáveis pela queimada nem deu detalhes de como chegou até eles. Nenhum mandado de prisão foi expedido, mas prisões em flagrante podem ser feitas nos locais onde estão sendo realizados os cumprimentos de mandados de busca e apreensão.
 
De acordo com a PF, se pegos e condenados, os suspeitos poderão responder pelos crimes de dano à floresta de preservação permanente, dano direto e indireto a unidades de conservação, incêndio e poluição. Ao todo, eles podem ter de cumprir mais de 15 anos de prisão.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar
(caracteres restantes: 500)

Onde você se informa todos os dias?

48.3%
10.3%
0%
3.4%
0%
3.4%
0%
10.3%
0%
3.4%
0%
3.4%
0%
13.8%
3.4%
Nome

E-Mail

Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp