Nome

E-Mail

14/09/2020 às 16h15min - Atualizada em 14/09/2020 às 16h15min

Paulo Guedes pretende congelar aposentadorias

Ministro de Bolsonaro quer desvincular previdência do reajuste salarial pelos próximos dois anos

Nalu Pombo
Com informações do plantaobrasil
Foto: Reprodução / plantaobrasil
 
O ministro da Economia, Paulo Guedes, do governo Bolsonaro, pretende congelar aposentadorias – desvinculando-as do reajuste do salário mínimo – pelos próximos dois anos.
 
O porta-voz da notícia foi o secretário Especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, que afirma que a medida economizaria, para os cofres públicos, o bastante para financiar o Renda Brasil, programa com o qual o atual presidente, Jair Bolsonaro (sem partido), quer substituir o Bolsa Família.
 
“A desindexação que apoiamos diretamente é a dos benefícios previdenciários para quem ganha um salário mínimo e acima de um salário mínimo, não havendo uma regra simples e direta [de correção]. O benefício hoje sendo de R$ 1.300, no ano que vem, ao invés de ser corrigido pelo INPC, ele seria mantido em R$ 1.300. Não haveria redução, haveria manutenção”, afirmou Rodrigues.
 
De acordo com o secretário, a proposta – que seria incorporada à PEC do pacto federativo – está em discussão com os ministérios da Cidadania e da Casa Civil. O governo ainda não se posicionou sobre o tema, segundo Rodrigues.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar
(caracteres restantes: 500)

Onde você se informa todos os dias?

48.3%
10.3%
0%
3.4%
0%
3.4%
0%
10.3%
0%
3.4%
0%
3.4%
0%
13.8%
3.4%
Nome

E-Mail

Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp