Nome

E-Mail

28/07/2020 às 15h59min - Atualizada em 28/07/2020 às 15h59min

COVID-19: Infecção de crianças sobe 349% em um mês, no Paraná

O número de infecções em crianças foi de 481 a 3.124 de junho para julho

Nalu Pombo
Com informações do bemparana
Foto: Franklin de Freitas
Dados divulgados pela Secretaria de Saúde do Paraná (Sesa) apontam que, entre junho e julho, o número de crianças, de até nove anos, infectadas pela COVID-19 (novo coronavírus) cresceu em 349,69%. Até o dia 26 de junho haviam 481 crianças infectadas, até o dia 26 de julho somaram 3.124.
 
O infectologista pediátrico Victor Horácio de Souza Costa Júnior informou sobre o aumento de infecções em crianças e adolescentes atendidos no Hospital Pequeno Príncipe, onde exerce sua função. Desde o início de março, 355 pacientes foram investigados com suspeita de coronavírus, onde 75% precisou de internamento. Dos casos investigados, 47 testaram positivo para a doença, 11 permanecem internados, 15 estão isolados em suas residências, 19 estão recuperados e dois morreram.
 
“É uma quantidade [de casos] não tão grande quanto em adultos, mas de três semanas para cá começamos a ter um perfil epidemiológico de crianças se contaminando em casa”, “isso reforça a necessidade dos pais realizarem também o controle no ambiente doméstico, com uso do álcool em gel, ventilação adequada. Hoje estamos com quatro crianças em ventilação mecânica na UTI, sendo que dois são irmãos, o que mostra como é preocupante esse contágio domiciliar”, afirmou o médico.
 
O Dr. Victor ainda alerta sobre o descuido no ambiente doméstico com relação às medidas de prevenção e higiene, além das recorrentes saídas dos pais ou responsáveis das crianças, que aumentam o risco de trazer o vírus para casa e contaminar aqueles que estão próximos.
 
“Em redes sociais, vemos pais dando festinha em casa para criança reencontrar amigo da escola, churrasco em casa. O controle da doença se dá pelo isolamento e distanciamento social, não se faz festinha em casa. É uma doença que está demorando para baixar o pico e o comportamento da população é fundamental nesse controle”, alerta o especialista.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar
(caracteres restantes: 500)

Onde você se informa todos os dias?

53.8%
7.7%
0%
7.7%
0%
0%
0%
15.4%
0%
0%
0%
0%
0%
15.4%
0%
Nome

E-Mail

Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp