Sa√ļde

Brasil registra 1.344 mortes por covid-19 em 24 horas

Por Brasil de Fato

28/07/2021 às 22:28:18 - Atualizado h√°

O Brasil registrou nesta quarta-feira (28) mais 1.344 mortes pela covid-19 em um per√≠odo de 24 horas, chegando a 553.179 v√≠timas do v√≠rus. O pa√≠s est√° praticamente a um dia de bater os 555 mil mortos pela pandemia desde o in√≠cio do surto, em mar√ßo do ano passado. Foram 48.013 novos infectados no per√≠odo, totalizando 19.797.086 . Se por um lado os n√ļmeros de cont√°gios e óbitos recuam enquanto a vacina√ß√£o avan√ßa, os patamares seguem entre os mais elevados do mundo.

De acordo com boletim da Funda√ß√£o Oswaldo Cruz (Fiocruz), em 13 dos 27 estados da federa√ß√£o ao menos uma regi√£o mostra tend√™ncia de crescimento no n√ļmero de casos. Todas as capitais encontram-se com transmiss√£o comunit√°ria em n√≠vel alto, muito alto ou extremamente alto, diz a institui√ß√£o. Sete delas com tend√™ncia de piora: Florianópolis, Fortaleza, Goi√Ęnia, Porto Alegre, Porto Velho, Rio Branco e Rio de Janeiro. Em 14 outras capitais, a tend√™ncia é de recuo, e, em seis, de estabiliza√ß√£o.

A média móvel de mortes est√° no menor patamar desde 22 de fevereiro, com 1.082 v√≠timas a cada um dos √ļltimos sete dias. O pa√≠s tem 19,33% da popula√ß√£o imunizada com duas doses e 50,49% j√° recebeu a primeira. A Organiza√ß√£o Mundial da Sa√ļde (OMS) aponta para a necessidade acima de 80% da popula√ß√£o totalmente vacinada para controle do surto. Ainda h√° escassez de vacinas no pa√≠s e grandes cidades seguem com calend√°rio incerto.


N√ļmeros da pandemia de covid-19 no pa√≠s em 28 de julho de 2021 / Conass

Em S√£o Paulo, isolamento vai acabar em 1¬ļ de agosto

Cientistas afirmam que o cen√°rio inspira cautela e medidas n√£o farmacológicas seguem necess√°rias, como distanciamento social e uso de m√°scaras. O avan√ßo da muta√ß√£o delta do coronav√≠rus deve pressionar o n√ļmero de casos nas próximas semanas. A OMS alerta que a cepa viral, de alta transmissibilidade, deve se tornar dominante em todo o mundo. No Brasil, a cepa gamma, ou P1, segue sendo a de maior circula√ß√£o.

No caminho oposto ao recomendado, o governador de S√£o Paulo, Jo√£o Doria (PSDB), anunciou nesta quarta o fim das j√° fr√°geis e pouco efetivas medidas de seguran√ßa sanit√°ria que vigoram no estado – de longe o de maior n√ļmero de óbitos e casos no pa√≠s.

A partir do primeiro dia de agosto, estabelecimentos poder√£o receber 80% de ocupa√ß√£o; hoje o limite é de 60%. O hor√°rio de funcionamento também foi estendido, inclusive para bares, das 23h para 0h. Doria também apontou que, a partir do dia 17, a tend√™ncia é de liberar todas as restri√ß√Ķes ainda vigentes.


Aliados durante as elei√ß√Ķes de 2018, Jair Bolsonaro e Jo√£o Doria s√£o, atualmente, inimigos pol√≠ticos. O governador de S√£o Paulo tem histórico de a√ß√Ķes no sentido de desmantelar o Sistema √önico de Sa√ļde (SUS), e, consequentemente, a sa√ļde p√ļblica. LEIA MAIS / Divulga√ß√£o/PSDB

O governo usa como fundamento o que considera "bons indicadores" da covid em S√£o Paulo das √ļltimas semanas. "As permiss√Ķes anunciadas nesta quarta foram balizadas pelo atual cen√°rio do controle da pandemia em S√£o Paulo. Indicadores da Secretaria da Sa√ļde mostram redu√ß√Ķes consistentes nas médias di√°rias de novos casos (-20,6%), interna√ß√Ķes (-18,3%) e mortes (-9,6%) provocadas pelo coronav√≠rus em todo o estado", afirma a secretaria de Sa√ļde.

Entretanto, o indicador da Fiocruz aponta que o índice de contaminação por covid em todo o estado de São Paulo segue como "extremamente alto", com exceção do Vale do Ribeira e a Baixada Santista que estão com índice "alto".

"O contexto evidencia a necessidade de manuten√ß√£o de medidas de mitiga√ß√£o da transmiss√£o. É fundamental manter cautela em rela√ß√£o a medidas de flexibiliza√ß√£o das recomenda√ß√Ķes de distanciamento para redu√ß√£o da transmiss√£o da covid-19, enquanto a tend√™ncia de queda n√£o tiver sido mantida por tempo suficiente para que o n√ļmero de novos casos atinja valores significativamente baixos", afirma o pesquisador da Fiocruz Marcelo Gomes.

"Também h√° a necessidade de reavalia√ß√£o das flexibiliza√ß√Ķes j√° implementadas nos estados com sinal de retomada do crescimento ou estabiliza√ß√£o ainda em patamares elevados", completa o pesquisador.

Sem cuidado

A variante delta derruba a efic√°cia das vacinas, em especial das primeiras doses. Além disso, estudos apontam que ela é até 70% mais transmiss√≠vel. Nos Estados Unidos, após a suspens√£o do distanciamento social e do uso de m√°scaras, foi observado um aumento de 131% no cont√°gio do v√≠rus no √ļltimo m√™s. Também aumentaram as mortes. Entretanto, o Centro de Controle de Doen√ßas do pa√≠s (CDC), aponta que 93% das mortes s√£o de pessoas que recusaram a se vacinar.

Diante deste problema, o governo norte-americano retomou a orienta√ß√£o para uso de m√°scaras de todos, inclusive vacinados. O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, estuda uma "premia√ß√£o" de 100 dólares para quem se vacinar. O pa√≠s conta com ampla oferta de vacinas, mas uma onda de mentiras nas redes sociais sobre a seguran√ßa dos imunizantes leva muitos norte-americanos a recusarem a vacina√ß√£o e consecutivamente, cresce o n√ļmero de óbitos naquele pa√≠s

No entanto, a medida de De Blasio foi criticada, por outro lado, por premiar atrasados na vacinação em detrimento dos que tomaram assim que puderam.

Comunicar erro
Jornalista Luciana Pombo

© 2021 Blog da Luciana Pombo é do Grupo Ventura Comunicação & Marketing Digital
Avenida Emilio Jhonson, 323 - sala 4. Centro. Almirante Tamandaré - PR. Fonte: (41) 9 9229-1359.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Jornalista Luciana Pombo