29/11/2019 às 11h00min - Atualizada em 29/11/2019 às 11h00min

​Revolução Digital: da indústria ao consumidor no supermercado

Não investir nas redes sociais é perder espaço

Por Ventura Comunicação - Luciana Pombo
As redes supermercadistas do Brasil começam a despertar para a necessidade de investir em tecnologia e em inteligência artificial. Muitos já começam a colher frutos dos investimentos feitos em tecnologia para evoluir a jornada tanto do cliente quanto da indústria. O varejo é um dos mais antigos negócios e as soluções digitais podem ser aplicadas da indústria ao consumidor no ponto de venda.

Um dos principais benefícios que a plataforma pode oferecer para o supermercadista é conseguir prever a demanda por meio da análise de dados sem basear-se pela média. Isso com os resultados tidos atualmente e os que poderão vir. Ter base de dados em cadastros nos supermercados é fundamental para fazer com que a roda digital entre num caminho de crescimento sem volta.

A verdade é que por muito tempo a tecnologia foi vista como um inimigo, um vilão, que compete com os humanos por um espaço no ambiente de trabalho. Hoje, está claro que são complementares e andam lado a lado quando o foco está na entrega de resultados melhores. Não querer apostar em programadores virtuais porque não empregaremos os reais não é inteligente, na medida que ganharemos mais espaço para as programações das máquinas – em constante evolução.

Por isso, não tenha medo de terceirizar serviços e garantir qualidade na entrega dos resultados.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar
(caracteres restantes: 500)

Qual melhor governador que o Paraná teve?

28.8%
28.8%
2.3%
6.2%
4.5%
14.7%
2.3%
11.9%
0.6%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp