28/11/2019 às 13h19min - Atualizada em 28/11/2019 às 13h19min

De "férias", Athletico mantém embalo, alcança 10 jogos sem perder e acumula marcas

Campeão da Copa do Brasil e garantido na Libertadores, Athletico completa seis jogos sem sofrer gol, passa dos 100 gols na temporada e consegue 68% de aproveitamento após título

Fernando Freire - Emanuelle Deise
Globo Esportes
Globo Esportes
O Athletico já está garantido na Libertadores de 2020 e não tem muitas pretensões no Brasileirão. Mas não é isso que tem se visto em campo. O 2 a 0 sobre o Grêmio, quarta-feira, é mais um exemplo desse Furacão avassalador - apesar de praticamente em "férias".

O Athletico, agora com Eduardo Barros no comando, segue embalado e acumula marcas positivas, como 10 jogos de invencibilidade, seis jogos sem sofrer gols e só uma derrota desde a vitória sobre o Internacional na decisão e o consequente título da Copa do Brasil de 2019.

Ness período, são 16 jogos, com nove vitórias e seis empates, o que representa 68% de aproveitamento (o vice-líder Santos tem hoje 66,7%). O Furacão teve apenas uma derrota desde a conquista da Copa do Brasil, um 2 a 0 para o líder - e agora campeão - Flamengo em casa.
 

Os seis jogos sem sofrer gol - equivalente a 619 minutos - representam a melhor sequência do Athletico nos últimos 33 anos. O recorde do clube, registrado no Brasileirão de 1986, é de sete partidas sem ser vazado (739 minutos). Ou seja, uma partida e meia faria o clube bater seu recorde.

- Não tem segredo. É fruto de uma entrega, de uma abnegação dos jogadores, de serem solidários, de ajudarem um ao outro, de ajudarem o time e de ajudarem o clube. Disso vai emanar partidas como a de hoje (quarta). O intuito é que, não só em casa, a gente faça partidas como as de hoje - falou o jovem técnico Eduardo Barros, de 34 anos, em coletiva.

 

"Não tem segredo, tem muito trabalho. Hoje, o clube colhe os frutos deste grande trabalho", diz o técnico interino Eduardo Barros.

 

Além da sequência invicta, o Athletico acumula outras marcas positivas. Com o 2 a 0 sobre o Grêmio, o Furacão ultrapassou a marca dos 100 gols e entrou em um seleto grupo - só ele, Flamengo (137), Grêmio (118) e Atlético-MG (103) têm mais de 100 gols no ano.


Além disso, o Athletico é o vice-líder do returno, com 33 pontos - o Fla lidera, com 42. Nesse embalo, o Furacão subiu do 10° para o quinto lugar. E pode entrar no G-4 na próxima rodada. Ele está empatado com o Grêmio em pontos (59), só atrás no saldo de gols (21 a 18).

- É uma temporada inesquecível para o clube, para os seus torcedores, para os jogadores e para todos os profissionais que aqui estão. Não é simples, nem um pouco, no futebol, conseguirmos uma temporada como essa. Reforço, é fruto de um trabalho muito sério, muito honesto, de muitas pessoas competentes nas diferentes áreas do clube - concluiu.

O próximo desafio do Athletico será contra o Ceará, pela 36ª rodada. O jogo está marcado para sábado, às 19h, no Castelão.

Para essa partida, Eduardo Barros não conta com o volante Wellington e o meia-atacante Nikão, suspensos pelo acúmulo de amarelos.

Depois, o Furacão ainda enfrenta o Santos (dia 4, uma quarta, às 19h, na Baixada) e Avaí (dia 8, um domingo, às 16h, na Ressacada).

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar
(caracteres restantes: 500)

Qual melhor governador que o Paraná teve?

28.8%
28.8%
2.3%
6.2%
4.5%
14.7%
2.3%
11.9%
0.6%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp