14/11/2019 às 18h14min - Atualizada em 14/11/2019 às 18h14min

​Nelson Meurer permanecerá preso

STF nega recurso da defesa do ex-deputado

Luciana Pombo
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin negou o pedido para soltar o ex-deputado federal Nelson Meurer (PP-PR), condenado no ano passado a cumprir pena de 13 anos e 9 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Meurer é o primeiro condenado pelo STF na Operação Lava Jato e está preso em Francisco Beltrão.

Meurer recebeu, segundo processo e condenação, R$ 4 milhões em vantagens indevidas da Petrobras. O filho do deputado, Nelson Meurer Júnior, também foi condenado, mas a uma pena menor: 4 anos e 9 meses de prisão. O dinheiro consistia em repasses por empresas fictícias operadas pelo doleiro Alberto Youssef e por intermédio do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa – os dois foram delatores do esquema de corrupção na Lava Jato e contaram em detalhes como o esquema de corrupção ocorria.

Meurer e o filho ainda terão que ressarcir a Petrobras em R$ 5 milhões após o fim de todos os recursos. Por conta disto, eles estão com os bens bloqueados Judicialmente. Na época dos fatos, Meurer é o líder do PP na Câmara Federal. O ex-deputado José Janene (PP) – que seria operador do mensalão – também era citado por arrecadar propina para o partido. Janene morreu em 2010.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar
(caracteres restantes: 500)

Qual melhor governador que o Paraná teve?

28.8%
28.8%
2.3%
6.2%
4.5%
14.7%
2.3%
11.9%
0.6%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp