Polícia Segurança

Ex-policiais rodoviários estaduais são condenados por organização criminosa

Por RIC Mais

23/07/2021 às 20:44:03 - Atualizado h√°

Quatorze ex-policiais rodovi√°rios estaduais que foram flagrados quando cobravam propina em estradas do sudoeste do Paran√° foram condenados, nesta sexta-feira (23), por organiza√ß√£o criminosa, 11 por corrup√ß√£o praticada por agentes p√ļblicos, tr√™s por peculato, dois por falsidade ideológica e dois por prevarica√ß√£o.

Ao todo, 15 policiais foram denunciados pelo Ministério P√ļblico do Paran√° (MP/PR), mas um deles n√£o participou do julgamento porque seu advogado n√£o pode comparecer por motivo de sa√ļde. Eles aguardavam a audi√™ncia em liberdade.

O julgamento, que iniciou na quinta-feira (22), aconteceu no Tribunal do J√ļri de Curitiba, com junta composta por quatro ju√≠zes militares definidos por sorteio (um major, um capit√£o e dois tenentes) e um de direito.

As penas variam entre seis e 19 anos de pris√£o. Os réus ainda podem recorrer da decis√£o da Justi√ßa.

Investigação

De acordo com a den√ļncia do MP/PR, os policiais rodovi√°rios estaduais recebiam dinheiro de motoristas para n√£o multarem ve√≠culos com irregularidades.

Entre as provas apresentadas, da investiga√ß√£o que ocorreu no ano de 2018, est√£o filmagens dos acusados dividindo dinheiro e recebendo dinheiro de motoristas, escutas e mensagens telefônicas e até imagens gravadas por um investigador infiltrado em um ônibus de sacoleiros que registrou o momento em que os PMs recebiam dinheiro.

Todos foram acusados pelos crimes de concuss√£o, peculato, organiza√ß√£o criminosa, falsidade ideológica, prevarica√ß√£o e viola√ß√£o do sigilo funcional. No entanto, durante o julgamento, alguns foram absolvidos de certos fatos.

Expulsos da PM

Segundo o advogado Luciano Katarinhuk, que defende um dos réus, em julho de 2020,13 deles foram expulsos da corpora√ß√£oapós julgamento administrativo, uma policial solicitou baixa do cargo e outro foi absolvido.

Na ocasião, oComando-Geral da Polícia Militar do Paranájulgou conclusivas as provas apresentadas, pelo Gaeco, contra os policias. Eles foram desligados por atos infracionais contra a honra e o decoro da PM.

Ainda conforme Katarinhuk, os 13 PMs excluídos ainda recebem remuneração já que estão recorrendo a decisão.

Fonte: RIC Mais
Comunicar erro
Jornalista Luciana Pombo

© 2021 Blog da Luciana Pombo é do Grupo Ventura Comunicação & Marketing Digital
Avenida Emilio Jhonson, 323 - sala 4. Centro. Almirante Tamandaré - PR. Fonte: (41) 9 9229-1359.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Jornalista Luciana Pombo