10/09/2019 às 19h39min - Atualizada em 10/09/2019 às 19h39min

​Filho de ex-ministro é preso no Rio de Janeiro

Ele é acusado de lavagem de dinheiro

Luciana Pombo
A operação Galeria, fase 65 da Lava Jato, prendeu Márcio Lobão - apontado como chefe de um suposto esquema de lavagem de dinheiro que contava com operações de compra e venda de obras de arte e imóveis. Ele seria o responsável pelo "ajuste e coleta" de mais de R$ 50 milhões em propinas. Márcio é filho do ex-senador e ex-ministro de Minas e Energia (governos Lula e Dilma) Edison Lobão (MDB/MA). Ele foi preso preventivamente por ordem da juíza Gabriela Hardt, da 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba.

Os investigadores suspeitam que Márcio Lobão lavou, por meio da compra de obras de arte, pelo menos R$ 10 milhões de toda a propina acumulada. Ele teria recebido o valor por intermédio de um ex-presidente da empresa de logística no ramo de combustíveis. A prisão teria sido pedida porque as operações ainda estariam ocorrendo.

O esquema de lavagem, de acordo com o Ministério Público Federal, envolve a aquisição e posterior venda de obras de arte sobrevalorizadas, simulação de operações de venda de imóvel, empréstimo com familiar, interposição de terceiros em operações de compra e venda de obras de arte e movimentação de valores milionários em contas abertas em nome de empresas offshore no Exterior. A juíza Gabriela Hardt determinou ainda o cumprimento de 11 mandados de busca e apreensão nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual melhor governador que o Paraná teve?

41.9%
22.6%
3.2%
9.7%
3.2%
6.5%
3.2%
9.7%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp