28/08/2019 às 18h04min - Atualizada em 28/08/2019 às 18h04min

​Zé da Ecler é reconduzido ao cargo de vereador em Matinhos

Vereador estaria sofrendo perseguição política

Luciana Pombo
A Vara da Fazenda Pública de Matinhos determinou a recondução imediata do Vereador José Carlos do Espírito Santo (PSL), conhecido como Zé da Ecler, ao cargo. A decisão ocorreu uma semana após o parlamentar ter sofrido duas cassações em menos de 24 horas, nos dias 19 e 20. Zé da Ecler tem sofrido uma série de perseguições na Câmara Municipal. Antes de ser reeleito, teve a casa aonde mora alvo de disparos de arma de fogo. Fato nunca desvendado pelas autoridades policiais...

A juíza Danielle Guimarães da Costa suspendeu os efeitos dos Decretos Legislativos 002/2019 e 003/2019 que extinguiram o mandato de Zé da Ecler. A primeira cassação ocorreu devido às supostas faltas injustificadas, em seis sessões extraordinárias consecutivas; a segunda por quebra de decoro. O motivo: Um processo iniciado a pedido do Prefeito Ruy Hauer (PR) que denunciou à Casa de Leis, em maio, que se sentiu ofendido com as várias supostas “injúrias” e “difamações” feitas pelo parlamentar em seus pronunciamentos. Agora, cá entre nós, que decreto legislativo é esse? Agora além de quererem censurar jornalistas, também o fazem com parlamentares? Aonde estamos? Aonde foi parar a democracia brasileira?

No dia seguinte à primeira cassação, o suplente Moabe Santos Batista, conhecido como Barão (radialista), assumiu a vaga e votou favorável ao Relatório Final do processo por quebra de decoro. Dá para acreditar?

Irregularidades - Durante a análise inicial do mandado de segurança individual impetrado pelo parlamentar e dos documentos anexados foi observado que os fundamentos descritos pelo vereador se mostraram relevantes. Ele alegou que jamais foi convocado para as reuniões que recebeu falta. A convocação não teria sido feita de forma oficial.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual melhor governador que o Paraná teve?

41.9%
22.6%
3.2%
9.7%
3.2%
6.5%
3.2%
9.7%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp