Sa√ļde Turismo

Vacinação pode tornar Foz do Iguaçu um dos destinos mais seguros do Brasil

Cidade recebeu recentemente mais de 37 mil doses de vacinas contra a covid-19 e amplia as atividades do setor turístico

Por Texto e foto: Adilson Borges Lago

21/07/2021 às 17:24:36 - Atualizado h√°
Foto: Adilson Borges Lago


Foz do Igua√ßu é uma das cidades fronteiri√ßas que receberam uma quantidade maior de doses de vacina contra a covid-19 para evitar a entrada de novas variantes do v√≠rus no pa√≠s. As mais de 37 mil doses recebidas recentemente fazem parte de um primeiro lote e deve imunizar a maior parte da popula√ß√£o, fazendo com que se torne um dos destinos tur√≠sticos mais seguros do Brasil.

O município foi um dos mais impactados economicamente com a pandemia. No ano passado os principais atrativos turísticos chegaram a fechar suas portas devido a decretos municipais de restrição para evitar a disseminação do novo coronavírus. A falta de visitantes colapsou toda a cadeia produtiva do turismo, incluindo a hotelaria, gastronomia e prestação de serviços.

No entanto, o destino foi um dos primeiros no pa√≠s a certificar empresas que implantaram protocolos de seguran√ßa sanit√°ria através de um trabalho coordenado pela Secretaria de Turismo e Projetos Estratégicos de Foz do Igua√ßu, em parceria com o Sebrae-PR e apoio do Comtur (Conselho Municipal de Turismo). Medidas como atendimento online, redu√ß√£o de capacidade de p√ļblico, instala√ß√£o de display de √°lcool em gel, medi√ß√£o de temperatura, obrigatoriedade de uso de m√°scara e a observa√ß√£o do distanciamento social, foram fundamentais para garantir a seguran√ßa dos visitantes e dos funcion√°rios das empresas de turismo.

Agora Foz do Igua√ßu quer continuar com o protagonismo de destino seguro, retomando praticamente todas as atividades do setor tur√≠stico. A √ļltima reedi√ß√£o do decreto de Prefeitura Municipal de restri√ß√£o, agora amplia o hor√°rio de funcionamento de bares e restaurantes até às 0h e permite que o setor de hospedagem possa ter 100% de ocupa√ß√£o. A expectativa é que o movimento tome corpo a partir de outubro deste ano, com os feriados estendidos e a volta de eventos corporativos j√° confirmados.

Otimismo

Para Felipe Gonzalez, presidente do Codefoz (Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Igua√ßu) o destino caminha para uma eleva√ß√£o das medidas sanit√°rias para o restabelecimento do setor, muito prejudicado pela pandemia. "Desde o in√≠cio Foz do Igua√ßu tem cuidado da parte sanit√°ria de uma forma exemplar com o envolvimento de todo o trade tur√≠stico. Essa chegada de novas vacinas traz uma perspectiva espetacular principalmente nesta etapa da retomada do turismo em Foz, fazendo com que tantos os cidad√£os como também os visitantes se sintam mais seguros em rela√ß√£o as quest√Ķes sanit√°rias", disse.

Hotelaria

O setor hoteleiro é um dos mais animados com a retomada do turismo de Foz do Igua√ßu. De acordo com Neuso Rafagnin, presidente do Sindhotéis (Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Foz do Igua√ßu e Regi√£o), a hotelaria e a gastronomia aproveitaram o per√≠odo de restri√ß√£o causada pela pandemia para investir em melhorias e capacitar os profissionais do setor. "O Destino Igua√ßu inicia uma nova etapa da retomada do movimento de turistas neste segundo semestre. Com o avan√ßo da vacina√ß√£o no Paran√° e no Pa√≠s, certamente os brasileiros retomar√£o as viagens domésticas, principalmente por rodovias", conclui o dirigente.

Divulgação

Para que Foz do Igua√ßu esteja entre as op√ß√Ķes de visitantes brasileiros e do exterior a segunda edi√ß√£o da campanha Vem pra Foz! come√ßa em breve a ser divulgada em v√°rios ve√≠culos de comunica√ß√£o. De acordo com o secret√°rio de Turismo e Projetos Estratégicos, Paulo Angeli, a campanha foi constru√≠da por representantes do Codefoz, com o apoio da Usina de Itaipu e é baseada no conceito "ver, sentir e viver" e faz parte do projeto de retomada da economia da cidade. "A campanha é uma série de a√ß√Ķes que nós vamos fazer, principalmente nas redes sociais juntos com o marketing dos atrativos e hotéis de Foz do Igua√ßu e deve durar cerca de quatro meses", afirma.

Outra parte de divulga√ß√£o de Foz do Igua√ßu ser√° através de participa√ß√£o nas feiras nacionais e virtuais, juntamente com o governo do Estado, para baratear os custos, j√° que o destino é o carro-chefe do turismo no Paran√°. Até o final do ano o destino deve participar da Expo ABAV, WTM e UGART, sempre potencializando Foz do Igua√ßu. O munic√≠pio deve ainda participar da Expo Dubai, nos Emirados Árabes em fevereiro de 2022, junto com o Estado e com a Embratur. A proposta é interagir com operadores e p√ļblico final.

Eventos

A volta dos eventos corporativos, esportivos e culturais a partir da metade deste segundo semestre vai impulsionar o setor e aumentar ainda mais a movimenta√ß√£o tur√≠stica do destino. J√° est√£o programados tr√™s grandes eventos com a participa√ß√£o de mais de dez mil pessoas: O Congresso Paranaense da FACIAP, o Governo 5.0 e o 16¬ļ Festival das Cataratas. Recentemente o governo municipal reeditou um decreto para que os eventos aumentam a capacidade p√ļblica. J√° em agosto a cidade poder√° receber eventos corporativos com até 500 pessoas e até o final do ano dever√£o ser liberados todos os encontros, independentemente do n√ļmero de participantes.


Comunicar erro
Jornalista Luciana Pombo

© 2021 Blog da Luciana Pombo é do Grupo Ventura Comunicação & Marketing Digital
Avenida Emilio Jhonson, 323 - sala 4. Centro. Almirante Tamandaré - PR. Fonte: (41) 9 9229-1359.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Jornalista Luciana Pombo