Grande Curitiba

Bebê afoga com leite, entra em parada respiratória e é salvo por soldados da PM de Piraquara

Por Banda B

21/07/2021 às 10:24:23 - Atualizado há

Os soldados Druciak e Martins, da 1ª Companhia do Batalhão de Polícia Militar de Guarda (BPGd), faziam patrulhamento na região, quando a família abordou a viatura pedindo socorro. (Assista ao vídeo no final).

A criança estava desfalecida no colo da mãe. O bebê teria se afogado com leite materno e estaria sem respirar havia alguns minutos. Nas imagens das câmeras de segurança de um comércio local, é possível ver quando a mulher entrega a criança ao soldado Druciak.

Segundo o policial, a mãe estava desesperada.

De forma técnica e até instintiva, peguei [a criança] nos braços e fui até a lateral da viatura, procurando um local seguro para permanecer e tentar fazer o procedimento de primeiros socorros. Nesse momento em parada respiratória, bem roxinha já, consegui com essa manobra que ela voltasse a respirar.

Soldado Druciak.

Os policiais e a mãe do bebê seguiam até a UPA de Piraquara, para atendimento especializado, quando a criança no colo da mãe entrou novamente em parada respiratória. Druciak já estava no banco de trás do carro e reiniciou os procedimentos de primeiros socorros.

Os soldados Druciak e Martins, da PM.
Foto: Antonio Nascimento.

"Ela voltou a apresentar os sinais vitais. A mãe estava bastante nervosa e foi acalentada com palavras de apoio até a unidade de saúde."

Na UPA, a menina recebeu o atendimento especializado. "Graças a essa ação ela acabou sendo salva", diz Druciak. O soldado conta que apesar do preparo durante o curso de formação para as mais diversas situações, o sentimento é único na hora de aplicar na prática.

"Nunca tinha passado por uma situação dessa, poder salvar essa vida. Acaba sendo indescritível a sensação de satisfação e ver que a gente conseguiu dar esse apoio a essa família."

Após o susto

Os policiais permaneceram na Upa até a criança receber alta médica. Em seguida, eles acompanham a família até a residência deles. "A criança está completamente bem", contam os soldados que ajudaram a salvar a menina.

Druciak relata ter sido informado que situação semelhante ocorreu na mesma Upa, no último final de semana. "No domingo ocorreu uma situação similar, mas a família não teve a mesma sorte e a criança de dois meses chegou falecida. Isso mostra como essa manobra é fundamental."

Segundo o policial Martins, que dirigia a viatura, foi uma sensação que ele nunca havia experimentado dentro da corporação. "Diferente de todas as ações que a gente tem na Polícia Militar. Salvar a vida de uma criança de um mês e quatro dias é uma sensação de dever cumprido", diz.

Fonte: Banda B
Comunicar erro
Jornalista Luciana Pombo

© 2021 Blog da Luciana Pombo é do Grupo Ventura Comunicação & Marketing Digital
Avenida Emilio Jhonson, 323 - sala 4. Centro. Almirante Tamandaré - PR. Fonte: (41) 9 9229-1359.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Jornalista Luciana Pombo