Vereadores de Piraquara são condenados

Três vereadores de Piraquara (Região Metropolitana de Curitiba) foram condenados pela Justiça por desviar parte dos salários de funcionários da Câmara. Os parlamentares Leonel de Barros Castro (PSC), Weliton Santos Figueiredo (PDT) e Valmir Soares Maciel (PSB), foram condenados à prisão e pagamento de multa. A condenação também prevê a perda dos mandatos eletivos dos réus e quaisquer cargos ou funções públicas que eventualmente ocupem. Eles ainda podem recorrer.

Leonel de Barros Castro foi condenado a pagar 10 anos e quatro meses de prisão, além de multa, pelos crimes de concussão e lavagem ou ocultação de bens. Valmir Soares Maciel, 12 anos de prisão e multa pelo crime de concussão. Weliton Santos Figueiredo, 21 anos e 24 dias de prisão, além de multa pelo crime de concussão.

Conforme a denúncia do Ministério Público do Paraná, o crime teria ocorrido entre 2005 e 2012. Os vereadores se apropriavam, conforme MP, de parte do salário de servidores da Câmara Municipal de Piraquara. Em junho de 2012, o Gaeco cumpriu 37 mandados de busca e apreensão na Câmara de Piraquara e em residências de então parlamentares e servidores. Conforme o MP, nove dos 10 parlamentares da cidade eram investigados.

Nota da Blogueira: Se investigar direitinho, vai encontrar a mesma irregularidade em quase a totalidade das câmaras municipais e assembleias legislativas do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *