TSE reprova contas do PT

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) reprovou a prestação de contas do Partido dos Trabalhadores (PT) referente ao ano de 2013. Demoraram muito, é verdade. Mas agora decidiram que a sigla terá que devolver R$ 5,2 milhões dos recursos próprios aos cofres públicos. Entre as irregularidades apontadas estão o fretamento de aeronaves sem comprovar o nome de passageiros ou vínculo com atividades partidárias, recursos recebidos de origem não identificada e a não aplicação do mínimo necessário do Fundo Partidário em políticas para mulheres. Em sua defesa, o PT disse que os passageiros das aeronaves eram dirigentes partidários e que não teve intenção de cometer irregularidades.

Na mesma sessão, o TSE também reprovou parcialmente as contas do PSOL por não ter comprovado o uso de recursos do Fundo Partidário em incentivos à participação de mulheres na política e ainda pelo pagamento de juros com os recursos do fundo público. Os ministros pediram a devolução de R$ 151 mil. O partido alegou que não separava os gastos com homens e com mulheres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *