Servidores Públicos entram em greve

Apesar de ainda ser o início da administração do governador Carlos Ratinho Junior Massa, professores e funcionários públicos entraram em greve ontem (25) por tempo indeterminado. Eles querem o pagamento da reposição salarial, congelada há mais de três anos.

Os servidores protestam ainda contra o Projeto de Lei Complementar 4/2019, que cria uma série de condições que, na prática, inviabilizam o pagamento de reposição salarial, promoções, progressões e atinge até auxílio transporte e outras verbas indenizatórias dos servidores civis e militares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *