Rescaldo…

Hoje ainda temos o rescaldo do escândalo retratado aqui sobre a máfia dos radares e multas eletrônicas.
Pois bem. A primeira ação do dia: o prefeito de Curitiba, Luciano Ducci (PSB), rompeu o contrato com a Empresa de Radares CONSILUX em Curitiba.
É bem verdade que todos desconfiavam, e muito, da licitação com a empresa – que venceu várias concorrências de Beto sem qualquer licitação (começando pela administração de Cassio Taniguchi, onde Beto era o vice).
O pedido foi feito de rompimento foi feito diretamente ao prefeito por um grupo de parlamentares da Câmara Municipal de Curitiba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *