Relatório da Price é otimista com relação as obras da Arena da Baixada

Chegou às mãos da diretoria da Fomento Paraná, um novo relatório da PricewaterhouseCoopers sobre a execução do projeto da Arena da Baixada. O documento trouxe duas boas surpresas na avaliação da agência: 1) O ritmo das obras aumentou; 2) A negociação direta da CAP S/A com fornecedores fez com que fossem cumpridos todos os preços orçados há mais de um ano.

A primeira surpresa aponta para o cumprimento da exigência da Fifa de ter o estádio entregue até dezembro. A segunda indica que, até agora, não há necessidade de aditivo ao financiamento de R$ 131 milhões obtido com o BNDES. O Atlético, declaradamente, trabalha com um custo final de R$ 209 milhões para a Arena, sem uma definição de quem responderá pela diferença de R$ 25 milhões entre o orçamento anterior e o novo.

Até o momento, o Atlético recebeu duas parcelas do empréstimo, que somam R$ 58 milhões. O relatório da consultoria é passo importante para a liberação da terceira parcela. O documento vai para o BNDES, que envia um perito à obra para conferir se o relato corresponde à realidade e dispara o gatilho para que mais R$ 30 milhões entrem no caixa da obra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *