Rede de Proteção Animal precisa de ajuda em Fazenda Rio Grande

Relato de uma amiga que – como eu – participa da Rede de Proteção Animal do Paraná:

Ontem estive procurando um suposto cão que teria sido multilado e no fim ao o encontrar descobri que é uma cadela com TVT e vários tumores. No meio dessa busca em uma distância de menos de 500 metros encontrei todos esses casos. Já comecei a mandar notícias pelo face, mas aqui vai o e-mail pra dar uma reforçada. Eu gostaria que se possível encaminhassem para pessoas que morem em Fazenda Rio Grande, ou pessoas que possam ajudar de alguma forma. Estou a procura de outros voluntários daqui pra ajudar, tem que ter alguém!


Eu não conseguirei assumir todos esses animais, se alguém quiser ajudar, entre em contato, posso fazer alguma coisa. Eu vou mandar todos no mesmo e-mail pra não ter que mandar várias vezes e as pessoas ficarem incomodadas. Vou tentar resumir.


1º – Cadela com TVT (as fotos são fortes) – a batizamos de Luz. Ela tem aproximadamente 3 anos segundo o veterinário. Foi resgatada ontem. A vagina estava sangrando, parecia multilada devido ao tvt. Está com outro tumor enorme na mama, mais 3 tumores nas costas e mais um na boca. O doutor disse que é possível que todos estejam relacionados ao tvt, se estiverem com as quimioterapias devem desaparecer, senão será necessário cirurgia. Até o momento serão feita 4 quimioterapias, a primeira foi ontem e a próxima será semana que vem. Cada uma irá custar R$70,00, x4 vai dar R$280,00, mais a consulta R$55,00, mais a diária R$20,00. Já tem adotante, porém ela está viajando e só volta dia 29, se não encontrarmos um lar temporário pra ela ficar enquanto se recupera teremos que mantê-la onde está. Segundo o doutor, depois da 2º quimio a Luz vai ficar melhor e o risco de contaminar outros animais será bem menor. A Ana Paula Bilbao já ajudou com R$25,00 pra Luz. Vamos precisar de mais ajuda. Eu a vi hoje e ela está meio tristinha, espero que resista o vet disse que em 99% dos casos a quimio da certo.





2º – Cão com problema de visão – ele está abandonado, anda pelo terminal daqui com os outros cães. Não sei se alguém arrancou o olho, ou se foi briga de cão, pois não tem sinal de nada. De um lado não dá pra ver o olho, do outro parece que o olho está abaixo. Na hora do resgate da Luz ele queria ir junto com ela, mas não tive como pegá-lo. Apesar de tudo ele abana o rabinho, brinca com as pessoas e olha como se enxergasse.



3º – Cadela com filhotes em matagal – a cadela deu cria próximo ao terminal, está muito bem escondida mas acho que quando chove eles devem se molhar e muito, são 4 bebês de menos de 10 dias. Pessoas que trabalham próximo estão alimentando mas temem pois já foram ameaçadas perder o emprego e ainda assim estão tentando amolecer o chefe, mas o sucesso previsto é praticamente nulo.



4º – Cadelinha no cio, a cachorrinha da foto tem mais ou menos o tamanho de um pinscher nº2, os cães grandes são maiores que pastores, um deles parece um dog alemão. Ela corre na rua gritando e brigando com eles pra deixarem ela em paz mas além de a perturbarem ficam batendo nas costas dela pra ela parar e ceder a eles. Não tenho pra onde levá-la, os cães estão ferozes, se tiver alguém interessado em ajudar, tendo um lugar pra ela, precisará ser castrada e vamos precisar de ajuda pra enfrentar os cães. Ela fica bem próximo do condor, lá onde seria a feira dos filhotes aquela vez.



Eu sei que as emoções afloram, que pesa, se ver as fotos já perturba imagine estar lá tirando essas fotos. Como eu disse, não vou dar conta de tudo, tenho que conciliar muitas coisas como a maioria, mas posso tentar ajudar em resgate, ou qualquer coisa do tipo. Estou pedindo ajuda para pessoas da Fazenda tentando incentivar, pois o pedido da Luz veio da Jéssica que soube mas não tendo como ficar com ela decidiu ajudar de alguma forma, divulgando até conseguir uma amiga que resolveu adotar a luz e assim foi. Mais duas pessoas para o “lado branco da força”.


Para quem quiser ajudar ou alguma informação, por favor, me ligue (41) 8856 7241 ou cristine.helen@gmail.com . 


Estou interessada em encontrar pessoas dispostas a ajudar a situação dos animais, junto comigo, pois a união faz a força. Infelizmente as pessoas só nos procuram quando querem se livrar dos animais, mas felizmente ainda existem alguns corações dispostos a ajudar.

8 thoughts on “Rede de Proteção Animal precisa de ajuda em Fazenda Rio Grande

  1. Aqui na cidade de São Paulo os maus tratos aos pets é constante, por ultimo a não muito tempo foi registrado uma verdadeira brutalidade a um cachorro em um hospital da capital, depois que as imagens foram no ar o hospital tomou algumas medidas contra o segurança, mas há relato de diversos abandonos e maus tratos, pessoas como você poderiam dar mais atenção, entendo que devido a localização é complicado mais a web é universal e uma simples denuncia aqui ajudaria muito.

    1. Olá Luciana boa noite, aqui é o Marcelo Nascimento estou seguindo seu site com algumas noticias, fiz um comentário em seu site logo acima e esse comentário afetou meu SEO porque quando aprovou meu comentário gerou vários links para meu site peço que por favor remova meu comentário por gentileza grato.

  2. Luciana,Estamos precisando de sua ajuda urgente.Nos adotamos um calsal de cachorros duma professora da escola anita, ele chamado Tuco nome dado pelo meu filho de apenas 6 anos que tem apenas 4 messes esta muito doente desde o feriado de sete de setembro.Ele ficou com diarréia e vomito, meu marido deu soro caseiro, suco de limão com maizena e muito carinho. Deu os medicamentos de virose com uma seringa na boca dele, mas quando a gente pensou que ele tinha melhorado, surgiu uma bola enorme no pescoço que nos assustou, pensamos que era um tumor mas em dois dias estorou e saia muito liquido branco, conseguimos pegar dinheiro do salario do fim do mes e levamos ele no veterinario do aviario tabuleiro em ipanema o doutor francesco limpou, cortou o pelo dele e deu umas tres injeções, ele deu reação nos dois primeiros dias, mas depois só piorou e o doutor não atende o telefone e a gente não tem dinheiro para levar ele denovo no médico, isso é muito triste pois desde sabado dia 6 ele chora muito de noite, hoje depois da vitoria do edgar eu fiquei muito feliz que eles poderiam me ajudar, mas não conseguimos contato com nenhum deles, meus filhos perguntam do tuco e como ele esta e eu não sei nem o que falar para eles, eu estou escrevendo este email chorando, pois fiz esta semana carne moida com polenta, mas ele não come, nem para mais em pé, o spray que o doutor deu para passar nas feridas abertas é um jato branco que deixa ele todo manchado e as feridas estão mais enormes e meu marido falou que a pata dele tbm ta inchada. Me ajude por favor não sei mais o que fazer, será que tenho que deixar este pequeno filhote morrer sem ao menos tentar ajudar ele melhorar? Eu posso ser a pior dos seres humanos, mas não consigo ver tanto sofrimento num bichinho que não tem culpa dos erros dos humanos de ser pobre e não poder ajudar, por favor me ajudem! Claudio colocou uma roupa uma camiseta em cima dele para aquecelo, mas ele geme muito de dor.É um grito de socorro para aquele que não sabe gritar.Deem por favor uma ajuda, será um maravilhoso presente do dia das crianças para meus filhos.Entrem em contato comigo Angelita (41) 8440-6541 ou com meu marido Claudio da Sanepar (41)8494-8099.Espero que vc ajude ou encaminhe este e-mail para que alguem nos ajude.Angelita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *