notícias, política

Quase 30 milhões de brasileiros não votaram nestas eleições; abstenção é a maior desde 2012

A crise política, escândalos de corrupção e serviços públicos ineficientes podem explicar a elevada taxa de 20,32% de abstenção na eleição de ontem (07). O índice de abstenção, que é o maior índice desde 2002, também revela que esta parcela da população está desacreditada e sem esperança com a classe política. Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 29.719.056 pessoas não compareceram às seções eleitorais.

O volume total de abstenções é apenas menor que o número de votos obtidos por Jair Bolsonaro (PSL), 49,1 milhões; e por Fernando Haddad (PT), 30,9 milhões. O número de votos em branco na eleição presidencial chegou a 3.095.689 (2,65%) e o número de votos nulos a 7.161.245 (6,14%). Somando abstenções, brancos e nulos o total é de mais 39,9 milhões de pessoas que preferiram não votar ou não escolher um candidato à presidência da República.

O Mato Grosso (MT) foi o estado com maior proporção de eleitores que não compareceram para votar, 24,55% (ou 571.841 pessoas). Roraima teve a menor taxa de abstenção: 13,86% (45.120 pessoas). Em termos absolutos, São Paulo teve o maior volume de eleitores que não compareceram à votação: 7.108.863 de pessoas.

Nota da Blogueira: Pior do que a tristeza de não votar, é a decepção de engolir um péssimo administrador. Portanto, meu pedido pessoal é que todos façam sua parte e façam da urna eleitoral sua esperança de um futuro melhor para as maiorias e para as minorias, sem exceção e sem violência.

Tagged , , , , ,

About Luciana Pombo

Jornalista, teóloga, professora, amante do futebol, da poesia, da política, das coisas da vida! Com diversas premiações e moções parlamentares. Entre as principais premiações: Escritores da Liberdade, Top Master Estadual em Jornalismo, Fera Honorária (pela luta em prol da repressão ao uso de drogas e prevenção), Amiga da Criança, Dia do Radialista expedido pela Câmara Municipal de Curitiba, Dia da Mulher expedido pela Câmara Municipal de Curitiba, Diploma de Mérito Social.
View all posts by Luciana Pombo →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *