PDT se reúne nesta quarta (10) para decidir posição sobre 2º turno

O PDT reunirá a Executiva Nacional em conjunto com senadores, governadores, deputados federais e estaduais e lideranças nesta quarta-feira (10) para definir a posição do partido no segundo turno da eleição presidencial. O presidente Carlos Lupi já declarou que defenderá no encontro um “apoio crítico” ao petista Fernando Haddad. Após a definição do segundo turno entre Jair Bolsonaro (PSL) e Haddad, Ciro Gomes (PDT) disse que levaria alguns dias para definir o posicionamento, mas descartou de pronto um apoio a Bolsonaro – a quem ele chama de fascista. “Ele Não”, apostou.

Ciro teve 12,47 % dos votos válidos na eleição de domingo, o equivalente a 13,3 milhões, ficando com a terceira colocação no pleito. O secretário nacional do PDT, André Menegotto, que assumiu a presidência no Paraná com a desistência de Osmar Dias (PDT) de ser candidato ao governo do Estado, já está em Brasília para a reunião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *