notícias, polícia

Novo delegado vai reabrir inquéritos sobre desmanches

O delegado Sebastião Gaspar, um dos responsáveis pelos inquéritos envolvendo policiais civis com o crime organizado, é o novo responsável pela Delegacia de Rio Branco do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba. Ele foi indicado para assumir o lugar da delegada Delair Manfron, que estava no cargo há uma semana, desde o afastamento do suplente Hilário Trigo – acusado de participação e conivência com o esquema de desmanche de veículos no município.

‘‘Este trabalho vai ser uma extensão do que eu já fazia como um dos delegados que investigavam as denúncias feitas durante a CPI (do Narcotráfico)’’, afirmou Gaspar. Ele estava trabalhando ao lado da Promotoria de Investigações Criminais (PIC) e tem conhecimento do suposto envolvimento de Joarez Costa França, o ‘‘Caboclinho’’, com o desmanche de veículos em Curitiba.

Gaspar espera fazer esta semana o levantamento de todos os inquéritos parados na delegacia e do possível envolvimento de proprietários de desmanches com mais de dez homicídios com autoria desconhecida em Rio Branco do Sul. ‘‘Os crimes existem. Ainda não sei quais as pessoas envolvidas, mas trabalharei para descobrir tudo’’, declarou o delegado, ao responder os questionamentos sobre o suposto envolvimento do prefeito João Dirceu Nazari e do promotor Salvari José Dias Mancio com o desmanche de veículos.

Na sexta-feira, a PIC e policiais do serviço reservado da Polícia Militar (P2) descobriram centenas de motores de carros de passeio enterrados num aterro da mineradora Brascal, em Rio Branco do Sul. O aterro é de propriedade do prefeito, que nega envolvimento com o crime organizado e atribui o fato a uma armação política. As denúncias contra o prefeito e o promotor de Rio Branco foram encaminhadas para a PIC pela ex-delegada Delair Manfron. ‘‘Eles mesmos pediram minha saída da delegacia. Mas não é por isto que estou saindo. Apenas estou sendo remanejada para a melhoria do trabalho de investigação’’, afirmou Delair, que poderá assumir a Delegacia da Mulher de Guarapuava.

O delegado-geral da Polícia Civil, Leonyl Ribeiro, confirmou as declarações de Delair Manfron. ‘‘Ela é uma boa delegada, mas o Gaspar tem mais conhecimento sobre o desmanche de veículos. Está mais entrosado com o assunto’’, considerou. A Delegacia de Rio Branco do Sul, que só tem um delegado e uma viatura policial, deverá receber estrutura nos próximos dias.

Tagged , , , ,

About Luciana Pombo

Jornalista, teóloga, professora, amante do futebol, da poesia, da política, das coisas da vida! Com diversas premiações e moções parlamentares. Entre as principais premiações: Escritores da Liberdade, Top Master Estadual em Jornalismo, Fera Honorária (pela luta em prol da repressão ao uso de drogas e prevenção), Amiga da Criança, Dia do Radialista expedido pela Câmara Municipal de Curitiba, Dia da Mulher expedido pela Câmara Municipal de Curitiba, Diploma de Mérito Social.
View all posts by Luciana Pombo →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *