notícias, polícia

Mulher mata filho e se mata após perder guarda para ex-marido

A investigadora da Polícia Civil, Dolores Mileide de Souza Simões, matou o filho de quatro anos e, em seguida, cometeu suicídio, em Cambé (região Norte do Paraná). Antes de se matar, ela deixou um bilhete relatando problemas que estava enfrentando com o pai da criança. Ela chegou a acusar o ex-marido de ter cometido violência sexual contra a criança. No entanto, a Justiça não entendeu a suposta violência como realidade.

Tagged , , , , ,

About Luciana Pombo

Jornalista, teóloga, professora, amante do futebol, da poesia, da política, das coisas da vida! Com diversas premiações e moções parlamentares. Entre as principais premiações: Escritores da Liberdade, Top Master Estadual em Jornalismo, Fera Honorária (pela luta em prol da repressão ao uso de drogas e prevenção), Amiga da Criança, Dia do Radialista expedido pela Câmara Municipal de Curitiba, Dia da Mulher expedido pela Câmara Municipal de Curitiba, Diploma de Mérito Social.
View all posts by Luciana Pombo →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *