notícias, política

MP pede cassação de eleitos no Paraná

O Ministério Público (MP) eleitoral no Paraná protocolou uma representação contra o deputado estadual eleito Fernando Francischini (PSL) pedindo a cassação do diploma por captação e gasto ilícito de recursos durante a campanha. Outras seis ações de impugnação de mandado eletivo contra coligações e partidos pela prática de lançamento de candidaturas fictícias foram ajuizadas. As candidaturas são consideradas fantasmas e eram de mulheres que apenas faziam número na chapa e não fizeram qualquer campanha, violando os 30% de percentual mínimo de vagas para o sexo feminino.

As ações foram protocoladas contra as coligações Endireita Paraná (PSL, PTC e PATRI) que concorria aos cargos de deputado estadual; Endireita Brasil (PSL, PTC e PATRI) para os cargos de deputado federal; Unidos Pelo Paraná (PRTB e PRP) para os cargos de deputados federais; e os partidos Podemos, nos cargos para deputados estaduais; Partido Verde, para vagas a deputados estaduais; e Partido dos Trabalhadores (PT) para cargos de deputados federais.

O MP Eleitoral solicita o reconhecimento da prática de fraude e do abuso de poder na composição da lista de candidatos às eleições; desconstituição de todos os mandatos obtidos pelas coligações e partidos e dos suplentes; além de considerar nulos todos os votos atribuídos às composições e legendas.

Irregularidades – Em julgamento das contas da campanha de Fernando Francischini, o Tribunal Regional Eleitoral constatou irregularidades e se posicionou pela desaprovação das contas do deputado eleito. Da análise das contas do candidato, verificou-se a existência de gastos de campanha não quitados, dentre os quais se inclui um jantar promovido no restaurante Irmãos Madalosso, no valor de valor de R$ 74,3 mil. Francischini foi o deputado mais votado nas eleições de outubro do ano passado, com 427 mil votos.

Tagged , , , , , , ,

About Luciana Pombo

Jornalista, teóloga, professora, amante do futebol, da poesia, da política, das coisas da vida! Com diversas premiações e moções parlamentares. Entre as principais premiações: Escritores da Liberdade, Top Master Estadual em Jornalismo, Fera Honorária (pela luta em prol da repressão ao uso de drogas e prevenção), Amiga da Criança, Dia do Radialista expedido pela Câmara Municipal de Curitiba, Dia da Mulher expedido pela Câmara Municipal de Curitiba, Diploma de Mérito Social.
View all posts by Luciana Pombo →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *