Ministro da Agricultura em xeque

Muitos não gostam, mas o Ministério Público transformou a cara da sociedade brasileira. Principalmente no que se refere à corrupção. Essa semana, a Procuradoria Geral da República (PGR) apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma denúncia por corrupção ativa contra o ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP-MT). E nem foi necessário ele deixar o cargo…

A denúncia é de que o ministro, quando era governador do Mato Grosso em 2009, participou de um suposto esquema de compra e venda de cadeiras no Tribunal de Contas do Estado. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, afirma que há provas de que o grupo pagou propina que pode chegar a R$ 12 milhões. A denúncia foi apresentada no âmbito da Operação Ararath, que investiga um suposto esquema de lavagem de dinheiro e crimes financeiros no estado do Mato Grosso, governado por Maggi de 2003 a 2010. O esquema teria atuado por meio de empréstimos fraudulentos e empresas de fachada.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *