Justiça quebra sigilos que podem atingir Bolsonaro

A autorização da Justiça carioca para quebrar os sigilos bancários do senador Flávio Bolsonaro, do ex-assessor Fabrício Queiroz, de familiares e empresas dos dois, além de outros assessores ao longo de um período de dez anos. A informação publicada hoje no G1 acredita que a notícia pode trazer impacto negativo para o presidente Jair Bolsonaro (PSL) – que fazia um discurso de combate a corrupção petista. Mas ele foi claro, petista!

Flávio já deu diversas explicações para os fatos que vieram à tona, como depósitos sequenciais em dinheiro num caixa eletrônico e lucros improváveis na venda de imóveis. O próprio presidente Bolsonaro teve de explicar um cheque de Fabrício Queiroz depositado pela mulher dele e primeira dama brasileira. Ao que tudo indica, a quebra do sigilo deverá trazer todo fluxo financeiro no gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

A denúncia que está sendo investigada é que Queiroz operava um esquema de desvio dos salários dos assessores do filho do presidente. Esperar para ver…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *