notícias, polícia, política

Gaeco recebe denúncia contra vereador de Cascavel

O Gaeco (Grupo de Atenção Especial e Repressão ao Crime Organizado), órgão vinculado ao Ministério Público (MP) estadual, recebeu a denúncia de uma ex-assessora da Câmara de Vereadores de Cascavel que seria obrigada a devolver parte do salário mensalmente ao vereador que a nomeou. Algo tão comum quando uma criança chupar balas ou pirulitos no Paraná e com pouco ou quase nenhuma fiscalização.

A mulher diz que trabalhava com o parlamentar desde novembro do ano passado e que pagava a parcela do carro dele, um Corolla, no valor de R$ 1.246 por mês. O acordo é que o pagamento seria uma forma de devolver parte do salário, que era de R$ 4.300. Ela disse que foi exonerada no dia 9 deste mês, quando deixou de pagar os valores.

A ex-assessora do vereador apresentou recibos que indicariam os pagamentos, mas que não aparecem nem o nome do vereador nem o dela. Ela também tem conversas no whatsapp e gravações que mostrariam as supostas cobranças. A mulher autorizou a quebra do sigilo bancário.

Tagged , , , , , , ,

About Luciana Pombo

Jornalista, teóloga, professora, amante do futebol, da poesia, da política, das coisas da vida! Com diversas premiações e moções parlamentares. Entre as principais premiações: Escritores da Liberdade, Top Master Estadual em Jornalismo, Fera Honorária (pela luta em prol da repressão ao uso de drogas e prevenção), Amiga da Criança, Dia do Radialista expedido pela Câmara Municipal de Curitiba, Dia da Mulher expedido pela Câmara Municipal de Curitiba, Diploma de Mérito Social.
View all posts by Luciana Pombo →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *