Gaeco cumpre mandados no interior do PR e um vereador está preso

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) está em Marechal Cândido Rondon hoje cumprindo 20 mandados de buscas e apreensão na Prefeitura, Câmara Municipal e empresas do Município. Também devem ser cumpridos cinco mandados de prisão preventiva. A ação estaria relacionada à denúncia do vereador Josoé Pedralli (MDB) apontando um esquema de favorecimento de empresas para realização de obras públicas no município de Marechal Cândido Rondon. Ou seja, licitações eram direcionadas – de acordo com o parlamentar.

A investigação que tem aproximadamente um ano e também foi solicitada pelo Ministério Público (MP) estadual apontou como um dos envolvidos o vereador Nilson Hachmann (PSC), o filho dele e outras três pessoas. As empresas envolvidas no esquema seriam de propriedade do vereador – e estariam em nome de “laranjas”. Ele seria um dos presos preventivamente. Os mandados de busca e apreensão são para recolher provas documentais para serem anexadas à investigação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *