pensamentos, Reflexões

Furacão das Américas…

Fazer do Atlético Paranaense apenas o Paranaense vai provocar êxtase em determinados dirigentes, mas vai fazer com que o Furacão jamais seja um clube das maiorias, do País. Mais uma vez, estamos acabando com a possibilidade do Gigante prometido para termos mais dos mesmos – para sermos clube de dono. O meu RUBRO-NEGRO não pode morrer, nem sucumbir as loucuras dos que prometem mudança de cor. Já não nos bastou o cinza? Enfim… estamos à mercê de um ditador e temos que permanecer calados. Onde estão nossos direitos que são caçados na Justiça, mesmo tendo assinatura da ampla maioria? Não, não é bom JAIR me acostumando. Não me acostumo com os que querem o Poder pelo Poder às custas do sangue suado do povo e da paixão de uma Nação Atleticana. Paranaense, Paulista, Pernambucana. Não importa! Serei sempre ATLETICANA. Serei sempre FURACÃO DAS AMÉRICAS!

Tagged , , , ,

About Luciana Pombo

Jornalista, teóloga, professora, amante do futebol, da poesia, da política, das coisas da vida! Com diversas premiações e moções parlamentares. Entre as principais premiações: Escritores da Liberdade, Top Master Estadual em Jornalismo, Fera Honorária (pela luta em prol da repressão ao uso de drogas e prevenção), Amiga da Criança, Dia do Radialista expedido pela Câmara Municipal de Curitiba, Dia da Mulher expedido pela Câmara Municipal de Curitiba, Diploma de Mérito Social.
View all posts by Luciana Pombo →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *