Força-tarefa Lava Jato reforça repúdio à tentativa de vincular operação e candidatos

A força-tarefa Lava Jato do Ministério Público Federal no Paraná decidiu desmentir parte da imprensa paranaense e lançou na internet uma nota oficial dizendo que nenhum de seus integrantes fez ou fará qualquer manifestação de apoio a algum pré-candidato a qualquer cargo nas eleições deste ano.

O esclarecimento ocorreu após nota publicada pela coluna Radar, do site da revista Veja, com o título Álvaro Dias é o preferido de Sérgio Moro, em que há menção a procuradores da força-tarefa de Curitiba. Isso deixa mais do que claro de que os procuradores que fizeram a Lava Jato acontecer não apoiarão nem Alvaro Dias, nem qualquer outro candidato em 2018. Pior do que falar é ter que se retratar depois…

“Qualquer manifestação nesse sentido é especulativa e só tem a intenção de confundir a opinião pública tentando vincular todo o trabalho estritamente técnico, imparcial e apartidário realizado pela Lava Jato indevidamente a um partido, candidato ou ideologia política”, diz a nota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *