Fidelidade é para todos?

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vota na terça-feira a consulta sobre a fixação de regras de fidelidade partidária para os cargos majoritários. A decisão sobre se os mandatos pertencem a presidente da República, governadores, prefeitos e senadores eleitos, ou a seus partidos, foi adiada hoje por falta de quórum.

O TSE decidiu em março que para os cargos proporcionais (deputados federais e estaduais e vereadores) o mandato é do partido.

A provocação sobre os cargos majoritários foi feita pelo PRTB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *