notícias, política

Família Richa mandou R$ 11,5 milhões para empresa nas ilhas Cayman

Um conjunto de ilhas paradisíacas no Caribe, entre Honduras e Cuba, conhecido pelas praias e resorts, mas também como um paraíso fiscal. Esse foi o lugar escolhido pela família Richa (Fernanda e filhos) para mandar R$ 11,5 milhões, por meio de uma offshore. É o que aponta a força-tarefa da Operação Lava Jato, que está rastreando todas as movimentações financeiras dos investigados no inquérito que apura supostas irregularidades nas negociações entre a Odebrecht e a cúpula do governo estadual na gestão Beto Richa (PSDB), como forma de viabilizar a Parceria Público Privada (PPP) para realizar obras e cobrar pedágio na rodovia PR-323 no Paraná. ”

Os documentos anexados ao processo da Operação Piloto, deflagrada em 11 de setembro,indicam que a BFMAR, empresa pertencente à Fernanda Richa e aos três filhos – Marcelo, André e Rodrigo –, tem participação na Discovery Express, sediada nas Ilhas Cayman. De acordo com a investigação, os repasses de dinheiro começaram, ao menos, em 2013, com R$ 4,5 milhões, e foram aumentando ano a ano, até chegar a R$ 11,5 milhões em 2017. Contudo, nenhuma irregularidade foi encontrada até o momento.

Offshore é uma palavra inglesa que significa “distante da costa”. Também é um tipo de empresa que, dependendo das regras locais, pode inclusive ocultar os reais donos. Normalmente as offshores são instaladas em paraísos fiscais, lugares com regras e legislações mais brandas e que tenham também tributação menor. As Ilhas Cayman estão na lista dos locais preferidos por quem busca esse tipo de solução. É uma tentativa de manter o dinheiro longe do alcance das leis brasileiras.

Mandar dinheiro para um paraíso fiscal não é necessariamente irregular. Uma empresa no Brasil pode ser dona de uma offshore em um paraíso fiscal, com o fim de investir no exterior e obter vantagens tributárias. Contudo, especialistas no assunto ouvidos pela Gazeta do Povo indicam que é uma das práticas usadas para lavagem de dinheiro, evasão de divisas e para esconder patrimônio – e por isso acaba sendo investigada de forma criteriosa.

Tagged , , , , ,

About Luciana Pombo

Jornalista, teóloga, professora, amante do futebol, da poesia, da política, das coisas da vida! Com diversas premiações e moções parlamentares. Entre as principais premiações: Escritores da Liberdade, Top Master Estadual em Jornalismo, Fera Honorária (pela luta em prol da repressão ao uso de drogas e prevenção), Amiga da Criança, Dia do Radialista expedido pela Câmara Municipal de Curitiba, Dia da Mulher expedido pela Câmara Municipal de Curitiba, Diploma de Mérito Social.
View all posts by Luciana Pombo →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *