Ex-presidente Temer é solto por determinação judicial

Quem achava que o ex-presidente Michel Temer ficaria preso, se enganou. Ao menos por enquanto. A Justiça acaba de determinar a soltura do ex-presidente Michel Temer, preso quinta-feira em São Paulo pela Força-Tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro. A decisão é do desembargador Antonio Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região.

A decisão também determina a soltura do ex-ministro Moreira Franco, de Coronel Lima e de outros quatro outros alvos da Operação Descontaminação: Maria Rita Fratezi, Carlos Alberto Costa, Carlos Alberto Costa Filho e Vanderlei Di Natalie.

Causa da Prisão – A prisão era decorrente da investigação sobre às obras da usina nuclear de Angra 3. O Ministério Público (MP) federal sustenta que o consórcio responsável pela obra pagou propina ao grupo de Temer. Uma reforma no imóvel da filha de Temer, Maristela, teria sido usada para disfarçar o pagamento de propina. No pedido de prisão, o juiz Marcelo Bretas argumentou que Temer é “líder da organização criminosa” e “responsável por atos de corrupção”.

Foto: Mariana Mendez/Band TV via AFP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *