notícias

Ex-prefeitos são criticados em placa de reinauguração

Nunca vi nada igual. Mas uma placa de reinauguração do Parque Aquático Municipal de Quedas do Iguaçu responsabiliza gestores anteriores pelo abandono e destruição de espaço público. Na descrição encomendada pelo ex-prefeito e atual secretário de planejamento, Vitório Revers, os ex-prefeitos Gelmar Chmiel e Edson Prado são apontados como os responsáveis pelo abandono e pela destruição do local, respectivamente.

Na mesma placa, Vitório Revers aparece como o idealizador e construtor do parque, e a atual prefeita e esposa dele, Marlene Fátima Revers (Pros), como a responsável pela reconstrução. Isso pode? No meu entender é pura auto-promoção. Falar em discurso tudo bem, mas em placa comemorativa? Paga com dinheiro público?

O parque com praia artificial no lago da Usina de Salto Osório foi inaugurado em 1994. A revitalização para a reinauguração, segundo o ex-prefeito, custou cerca de R$ 450 mil.

Tagged , , , , ,

About Luciana Pombo

Jornalista, teóloga, professora, amante do futebol, da poesia, da política, das coisas da vida! Com diversas premiações e moções parlamentares. Entre as principais premiações: Escritores da Liberdade, Top Master Estadual em Jornalismo, Fera Honorária (pela luta em prol da repressão ao uso de drogas e prevenção), Amiga da Criança, Dia do Radialista expedido pela Câmara Municipal de Curitiba, Dia da Mulher expedido pela Câmara Municipal de Curitiba, Diploma de Mérito Social.
View all posts by Luciana Pombo →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *