Ex-prefeitos são criticados em placa de reinauguração

Nunca vi nada igual. Mas uma placa de reinauguração do Parque Aquático Municipal de Quedas do Iguaçu responsabiliza gestores anteriores pelo abandono e destruição de espaço público. Na descrição encomendada pelo ex-prefeito e atual secretário de planejamento, Vitório Revers, os ex-prefeitos Gelmar Chmiel e Edson Prado são apontados como os responsáveis pelo abandono e pela destruição do local, respectivamente.

Na mesma placa, Vitório Revers aparece como o idealizador e construtor do parque, e a atual prefeita e esposa dele, Marlene Fátima Revers (Pros), como a responsável pela reconstrução. Isso pode? No meu entender é pura auto-promoção. Falar em discurso tudo bem, mas em placa comemorativa? Paga com dinheiro público?

O parque com praia artificial no lago da Usina de Salto Osório foi inaugurado em 1994. A revitalização para a reinauguração, segundo o ex-prefeito, custou cerca de R$ 450 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *